Blog do PVC

Cruzeiro avança, mas São Paulo faz melhor jogo do ano

PVC

O São Paulo teve atuação excelente no Mineirão e poderia ter conseguido o terceiro gol, que lhe daria a classificação. Neste ano, o time de Rogério Ceni teve outras boas apresentações, mas contra adversários que não davam parâmetro. E outro ótimo jogo contra o Santos, na Vila. Mas contra o Cruzeiro, Rogério conseguiu impor o estilo que deseja e fez sua partida mais consistente em 2017.

Nos primeiros trinta minutos, fez 50% de seus desarmes no campo de ataque. Avançou os laterais e obrigou os pontas cruzeirenses a recuarem. A distância fez o Cruzeiro errar passes demais.

Mudou a partir dos 30 minutos e, na segunda etapa, quando caiu a intensidade são-paulina. O Cruzeiro empatou de falta, falha de Rodrigo Caio.

Dos 42 gols em partidas oficiais do Cruzeiro em 2017, 45% foram de bola parada. Isto inclui os três que produziram a eliminação são-paulina.

Depois do gol, o Cruzeiro poderia ter feito o segundo num contra-ataque, mas o São Paulo renasceu numa rabiscada de Morato, que obrigou Rafael a espalmar a escanteio. Logo depois, Gilberto, em impedimento, fez 2 X 1.

O São Paulo quebra a sequência invicta do cruzeiro de 23 partidas. Mereceu a vitória. Mas foi insuficiente para a classificação.