Blog do PVC

Henrique Dourado enterra marca ridícula de artilheiros de 2016
Comentários 5

PVC

Os goleadores do Brasileirão de 2016 foram Diego Souza, Fred e William Pottker.

Cada um com catorze gols.

Foi a pior marca da história do Brasileirão, levando em conta que os goleadores com números inferiores, como Muller, em 1987, Edu, em 1969, e Tostão, em 1970, tiveram número de jogos muito menor. Tostão foi goleador do Robertão de 1970, com 12 gols, mas em dezenove partidas disputadas pelo Cruzeiro, naquela campanha.

Diego Souza, Fred e William Pottker marcaram catorze vezes em 38 rodadas.

Henrique Dourado derrubou a marca no domingo, ao marcar contra o Avaí.

Agora, o centroavante do Fluminense tem 15 gols, um a mais do que Jô, do Corinthians.

É o equivalente a 41% dos gols de sua equipe.

 

 

 

 

 


Keno é melhor em campo na estreia de técnico Alberto Valentim
Comentários 24

PVC

Se Alberto Valentim será ou não o técnico do Palmeiras, isto depende de uma sequência de fatores. Difícil dizer, agora, se Mano Menezes vai renovar com o Cruzeiro ou não. E, em caso negativo, se vai acertar com o clube da rua Palestra Itália.

O presidente Maurício Galiotte diz que, por enquanto, o técnico é Alberto Valentim. Pois em sua estreia, a mudança mais significativa foi a entrada de Keno na ponta direita, justamente o melhor em campo. Alberto dirigiu o Palmeiras em clássico contra o São Paulo quando Cuca, já contratado, observou que o treinador interino mudava o time pela metade. ''Será que não gostava do trabalho de Marcelo?'', perguntava.

Com Cuca, foi diferente: mexeu em duas peças apenas. Voltou Mayke, depois de suspensão. Por isto, Tchê Tchê voltou ao meio-de-campo e isto significou a saída de Thiago Santos. Fora isto, Willian virou centroavante, o que abriu o espaço para Keno jogar pela ponta.

O time foi forte. Perdeu em posse de bola, ganhou em velocidade e resolveu o jogo em contra-ataques. Neste momento, o Palmerias ocupa o terceiro lugar, distancia-se do Botafogo e do Flamengo e aproxima-se do objetivo mínimo na temporada: vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

 

 


São Paulo arranca vitória com Cueva e Maicosuel
Comentários 7

PVC

A grande notícia para o São Paulo é sair do rebaixamento com a virada sobre o Atlético Paranaense no fim da partida e com Cueva decisivo, dois passes para gols.

A má notícia é lembrar que Cueva não participará de quatro partidas entre 5 e 15 de novembro, porque participará da repescagem para a Copa do Mundo contra a Nova Zelândia.

Até lá, a situação poderá ser melhor. Mas Cueva fará muita falta, como fez contra o Atlético Mineiro.

Dorival Júnior segue criticado, como foi quando escalou Maicosuel no lugar de Lucas Fernandes.  Nesta, deu certo. Maicosuel tem mais força para arrancar da ponta para o gol. Além de três pontos fundamentais, o São Paulo pode ter encontrado uma alternativa.

Muito melhor do que Jonathan Gomez.


Palmeiras deve manter Alberto Valentim até dezembro
Comentários 29

PVC

Mano Menezes terá reunião com o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, neste sábado. Antes de conversar com a nova direção que já acenou que deseja sua permanência na Toca da Raposa, Mano vai dialogar com o dirigente com quem teve compromisso nos últimos dezoito meses. A lógica da comissão técnica seria começar a Libertadores no Cruzeiro, com chance de conquistar o troféu, por já conhecer o trabalho e poder dar continuidade.

Mas o mundo atropela. Cuca está fora do Palmeiras, segundo a diretoria em decisão de comum acordo. Se Mano não permanecer no Cruzeiro, pode ser o técnico no Parque Antarctica no ano que vem. Mas vale a lembrança de que Roger Machado era o nome preferido de Alexandre Mattos antes da contratação de Eduardo Baptista, em dezembro.

Ligar os pontos rápido demais pode significar precipitação. Em síntese, é possível pensar que Cuca vá para o Atlético e Mano para o Palmeiras, mas pensar assim agora pode levar ao erro.

Cuca não trabalhará em outro clube neste ano. No ano que vem, qual será o cenário? Se o São Paulo escapar do rebaixamento com folga, Dorival Júnior será o treinador. Se escapar sofrendo, pode haver mudança, não pode?

A mesma lógica vale para o Atlético. Se Oswaldo de Oliveira seguir com o trabalho positivo de seus primeiros dias, não sairá do Atlético em janeiro. Se classificar para a Libertadores, fica. Caso contrário, pode acontecer uma ligação para Cuca.

Por enquanto, o cenário para os técnicos de 2017 é misturado. Alexandre Mattos garante que Alberto Valentim será o técnico-interino até dezembro. Se o Palmeiras deslanchar com Alberto, alguém fará a comparação com Fábio Carille.

A impressão deste colunista é que Mano Menezes será do Palmeiras e Oswaldo de Oliveira continuará no Atlético. Mas muita coisa pode acontecer daqui até o ano novo.


Informações e palpites da 28a rodada
Comentários 8

PVC

VASCO x BOTAFOGO

Sábado, Maracanã, 19h

VASCO – Problemas – Andrés Rios (expulso), Gilberto (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Martin Silva, Mádson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean e Wellington; Wágner, Nenê e Matheus Vital; Thalles. Técnico: Zé Ricardo

Últimos cinco jogos – veedv

BOTAFOGO – Problemas – Matheus Fernandes (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Gatito Fernández, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luís; Lindoso e João Paulo; Bruno Silva, Marcus Vinícius e Rodrigo Pimpão; Brenner. Técnico: Jair Ventura

Últimos cinco jogos – vdvdv

CURIOSIDADE – No primeiro turno, vitória do Botafogo por 3 x 1, no estádio Nílton Santos.

PALPITE – Empate

ARBITRAGEM – Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP); Rogério Pablos Zanardo (SP), Herman Brumel Vani (SP)

SÃO PAULO x ATLÉTICO PARANAENSE

Sábado, Pacaembu, 21h

SÃO PAULO – Problemas – Lugano (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Sidão, Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme, Cueva, Hernanes e Lucas Fernandes; Pratto. Técnico: Dorival Júnior

Últimos cinco jogos – dveve

ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas –  Fabrício (terceiro cartão), Lucho González (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Wéverton, Jonathan, Wânderson, Thiago Heleno e Sidcleyu; Pavez e Eduardo Henriqure; Gedoz, Guilherme e Nikão; Ribamar. Técnico: Fabiano Soares

Últimos cinco jogos – eddve

CURIOSIDADE – Ano passado, o Atlético Paranaense venceu no Morumbi por 2 x 1.

PALPITE – São Paulo

ARBITRAGEM – Marcelo de Lima Henrique (RJ); Michael Correia (RJ), Sibert Faria Sisquim (RJ)

ATLÉTICO GOIANIENSE x PALMEIRAS

Domingo, Olímpico, 17h

ATLÉTICO GOIANIENSE – Problemas – Igor (machucado), Roger Carvalho (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Marcos, Jonathan, William Alves, Gilvan e Bruno Pacheco; Ronaldo e Paulinho; Jorginho, Luís Fernando e Niltinho; Wálter. Técnico: João Paulo Sanches

Últimos cinco jogos – vdved

PALMEIRAS – Problemas – Jean (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Fernando Prass, Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Thiago Santos e Tchê Tchê; Willian, Moisés e Dudu; Deyverson. Técnico: Alberto Valentim

Últimos cinco jogos – edvve

CURIOSIDADE – Na história do Brasileirão, são quatro vitórias do Atlético, um empate e uma vitória do Palmeiras.

PALPITE – Palmeiras

ARBITRAGEM – Marcelo de Lima Henrique (RJ); Michael (RJ), Silbert Faria Sisquim (RJ)

FLUMINENSE x AVAÍ

Domingo, Maracanã, 17h

FLUMINENSE – Problemas – Lucas (terceiro cartão), Douglas (terceiro cartão), Henrique (machucado), Wellington (machucado, dúvida) – Time provável (4-1-4-1) – Diego Cavalieri, Renato, Reginaldo, Nogueira e Marlon; Marlon Freitas; Scarpa, Orejuela, Sornoza e Robinho; Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga

Últimos cinco jogos – edddd

AVAÍ – Problemas – Júnior Dutra (terceiro cartão), Judson (terceiro cartão), Willians Santana (expulso), Luan (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Douglas, Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Luís Otávio e Simião; Luanzinho, Pedro Castro e Juan; Joel. Técnico: Claudinei Oliveira

Últimos cinco jogos – ddeev

CURIOSIDADE – São seis vitórias do Fluminense e duas do Avaí pelo Campeonato Brasileiro.

PALPITE – Fluminense

ARBITRAGEM – Flávio Rodrigues de Souza (SP); Daniel Paulo Ziolli (SP), Daniel Luís Marques (SP)

SPORT x ATLÉTICO MINEIRO

Domingo, São Januário, 17h

SPORT – Problemas – André (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Magrão, Raul Prata, Henriquez, Ronaldo Alves e Sander; Anselmo e Rithelly; Wesley, Diego Souza e Osvaldo; Juninho. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Últimos cinco jogos – vdedd

ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Robinho (terceiro cartão), Luan (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Victor, Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adílson e Elias; Otero, Cazares e Valdivia; Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Últimos cinco jogos – vevde

CURIOSIDADE – Vanderlei Luxemburgo foi demitido do Atlético quando estava na zona de rebaixamento, em 2010.

PALPITE – Atlético

ARBITRAGEM – Leandro Bizzio Marinho (SP); Anderson José de Moraes Coelho (SP), Bruno Salgado Rizo (SP)

CHAPECOENSE x FLAMENGO

Domingo, Arena Condá, 17h

CHAPECOENSE – Problemas – Moisés Ribeiro (terceiro cartão), Osman (machucado), Lucas Marques (machucado), João Pedro (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Jandrei, Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Canteros e Elicarlos; Lucas Mineiro, Alan Ruschel e Wellington Paulista; Túlio de Melo. Técnico: Émerson Cris

Últimos cinco jogos – dedve

FLAMENGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-2-3-1) – Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuellar e William Arão; Berrio, Éverton Ribeiro e Éverton; Guerrero. Técnico: Reinaldo Rueda

Últimos cinco jogos – deevv

CURIOSIDADE – São cinco vitórias do Flamengo, um empate e uma vitória da Chapecoense, no primeiro jogo pelo Brasileirão.

PALPITE – Flamengo

ARBITRAGEM – Dewson Fernando Freitas da Silva (PA); Hélcio Araújo Neves (PA), José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)

CORITIBA x GRÊMIO

Domingo, Couto Pereira, 19h

CORITIBA – Problemas – Leo (terceiro carrão) – Time provável  (4-2-3-1) – Wilson, Dodô, Cleber Reis, Warley e William Matheus; Alan Santos e Jonas; Tiago Real, Galdezani e Rildo; Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira

Últimos cinco jogos – edded

GRÊMIO – Problemas – Luan (machucado), Ramiro (recuperação física), Michel (recuperação física) – Time provável (4-2-3-1) – Marcelo Grohe, Edílson, Geromel, Kannem,ann e Marcelo Oliveira; Jaílson e Arthur; Jean Pyerre, Éverton e Fernandinho; Barrios. Técnico: Renato Gaúcho

Últimos cinco jogos –  dvdvd

CURIOSIDADE – São seis vitórias do Coritiba e um empate desde o último triunfo do Grêmio, em 2008, gol de Marcel e 1 x 0.

PALPITE – Grêmio

ARBITRAGEM – André Luiz de Freitas Castro (GO); Bruno Raphael Pires (GO), Leone Carvalho Rocha (GO

BAHIA x CORINTHIANS

Domingo, Fonte Nova, 19h

BAHIA – Problemas – Mendoza (emprestado pelo Corinthians), Jackson (machucado), ARmero (machucado), Wellington Silva (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Renê Júnior e Juninho; Vinícius, Zé Rafael e Allione; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani

Últimos cinco jogos – evded

CORINTHIANS – Problemas – Gabriel (suspenso pelo STJD), Pablo (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Cássio, Fágner, Balbuena, Pedro Henrique e Arana; Maycon e Camacho; Romero, Rodriguinho e Jádson; Jô. Técnico: Fábio Carille

Últimos cinco jogos – eeeve

CURIOSIDADE – O Corinthians não perde do Bahia há nove jogos, desde 2003.

PALPITE – Corinthians

ARBITRAGEM – Ricardo Marques Ribeiro (MG); Guilherme Dias Camilo (MG), Sidmar dos Santos Meurer (MG)

SANTOS x VITÓRIA

Segunda-feira, Pacaembu, 20h

SANTOS – Problemas – Victor Ferraz (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alisson e Matheus Jesus; Copete, Lucas Lima e Bruno Henrique; Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi

Últimos cinco jogos – evvdv

VITÓRIA – Problemas – André Lima (expulso), Kanu (machucado), William Farias (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Caíque, Caíque Sá, Ramon, Wallace e Juninho; Fillippe Souto e Uilliam Correia; Yago, Neílton e David; Trellez. Técnico: Vágner Mancini

Últimos cinco jogos – dvvde

CURIOSIDADE – O Santos venceu os últimos quatro jogos contra o Vitória.

PALPITE – Santos

ARBITRAGEM – Bráulio da Silva Machado (SC); Carlos Berkenbrock (SC), Hélton Nunes (SC)


Clayson e os artilheiros de segundo tempo
Comentários 14

PVC

Clayson marcou pela terceira vez consecutiva, em dezenove partidas pelo Corinthians, e tem todos os gols marcados no segundo tempo.

É fácil pensar em goleador de segunda etapa.

Escurinho, no Internacional… Fedato, no Palmeiras…

No Corinthians, Romarinho.

A lembrança é do gol na Bombonera, mas o marcado no primeiro clássico contra o Palmeiras aconteceu com Romarinho iniciando a partida.

Voltamos, então, a Adãozinho. Dezenove gols marcados, só dois entrando no segundo tempo.

O Corinthians não tem um artilheiro de segundo tempo, um amuleto puro.

Mas agora tem Clayson. Quatro gols seguidos começando no banco de reservas, entrando na segunda etapa.

Adãozinho marcou dezenove gols e Clayson fez dezenove jogos.

E quatro gols na segunda etapa.

Quer dizer que tenha de entrar depois do jogo iniciado? Claro que não!

O Corinthians não precisa de um goleador de segundo tempo. Precisa de um goleador.

Clayson tem sido esse cara.


Por que o Barcelona deve pagar a Neymar
Comentários 4

PVC

O Barcelona admite que pode ter de pagar a Neymar os 26 milhões de euros de luvas previstos na renovação de contrato com o Barça até 2012.  Muita gente julga que não é preciso pagar, porque o contrato foi interrompido, com a transferência para o Paris Saint-Germain. Não faz sentido. O contrato assinado para renovação até 2021 tinha uma cláusula de rescisão que permitia a Neymar deixar a Catalunha em caso de pagamento de 222 milhões de euros. Exatamente como fez o Paris Saint-Germain.

Ou seja: o contrato foi cumprido.

Neymar cumpriu o contrato integralmente, ainda que o tenha rescindido. O Barcelona recebeu o dinheiro combinado pela rescisão.

Quem não cumpriu a parte do acordo, por enquanto, foi o Barcelona.

É por isto que o Barça agora admite que terá de pagar os 26 milhões de euros que Neymar reivindica.


Os grandes personagens da reta final das eliminatórias
Comentários 7

PVC

Agora são 23 seleções classificadas para a Copa do Mundo, incluindo Argentina e Portugal, definidos na terça-feira. Ou seja, os dois melhores jogadores do mundo viajarão à Rússia.

A rodada das eliminatórias também ofereceu histórias e personagens para serem lembradas por décadas. A começar por Messi.

1. MESSI – Um colosso. Atuação nota 10. Antes do jogo contra o Equador, o diário Clarin, de Buenos Aires, listou grandes atuações de Messi em momentos cruciais para o Baecelona ou seleção argentina. Incluía Os gols no 4 x 3 sobre o Real Madrid, no Bernabeu. Os três gols contra o Equador foi a maior de todas. Com os três gols, tornou-se artilheiro máximo das eliminatórias sul-americanas.

2. HERNAN DARIO GOMEZ – assistente se Francisco Maturana na Colômbia de 1990 e 1994, foi o treinador que classificou os colombianos para 1998 e a inédita classificação do Equador para a Copa da Ásia, em 2002. Sinais de que seu trabalho fazia o Panamá evoluir apareceram, por exemplo, em dois jogos contra o Brasil. Em 2014, em Goiânia, levou 4 x 0 da seleção.  Em 2016, perdeu por 2 x 0 e fez jogo duro com o Brasil de Dunga. Pela primeira vez,o Panamá vai à Copa.

3. CRISTIANO RONALDO – mostrou-se irritado por não fazer gol na vitória por 2 x 0 sobre a Suiça, antes com 100% de aproveitamento nas eliminatórias. A irritação parece dar -se por permitir a Lewandowski o recorde de gols nas eliminatórias — 16. A boa notícia para Cristiano é que o jogo se Messi não entra no prêmio The Best, da Fifa, cujos votos foram computados até 7 de setembro.

4. GUERRERO – O artilheiro dos gols que valem pontos. Era assim desde o Corinthians, confirma a estatística do Footstats. É também no Flamengo. Não espere de Guerrero o gol qie fecha o placar em 5 x 0. Mas se está 1 x 0 para a Colômbia e a seleção peruana precisa de um gol, isto é com Paolo Guerrero.

5. GABRIEL JESUS – dois gols no estádio em que surgiu, sua casa. Parecia ansioso no primeiro tempo, mas sempre com participação tática importante. Relaxo depois do gol que Neymar lhe ofereceu. O seu segundo no jogo foi o sétimo na era Tite.  Agora é o maior goleador da seleção desde que o treinador assumiu.


Brasil melhora no segundo tempo, mas primeira parte indica ajustes
Comentários 13

PVC

O primeiro tempo da seleção não foi bom e é importante corrigir pontos daqui até a Copa, ainda que o segundo tempo mude a aparência. O que deu errado foi a falta de compactação de um time que não se parece mais postado no 4-1-4-1. Muitas vezes é um 4-3-3.

Observação bem feita pelo colega Carlos Eduardo Mansur, de O Globo.

Com isto, Renato Augusto tinha de dar apoio defensivo a Alex Sandro, pressionado por Fuenzalida, escalado como ponta-direita, num 4-2-3-1. Alexis Sánchez jogava pela esquerda e Valdivia como armador, logo atrás de Vargas.

Houve momentos na primeira etapa em que a seleção de Tite não saía da defesa. Especificamente nos últimos cinco minutos da primeira etapa.

No Segundo tempo, melhorou. O time se juntou mais e teve a bola como sua arma. Ainda que na primeira etapa houvesse 61% de posse de bola, havia desperdício e lances devolvidos para os chilenos.

Com o time trocando passes no campo de ataque, ficou mais junto, com menos erros. Paulinho fez seu sexto gol com Tite, Gabriel Jesus já tem sete e é o goleador da era Tite. E o Allianz Parque, junto à história do velho Parque Antarctica, registrou o maior público de sua história.

Os gols de bola parada (20%) e de contra-ataque (20¨%) representam mais de um terço da ação ofensiva do Brasil, de Tite. Está tudo bem. Mas chega de festa pela classificação. O Brasil tem coisas para arrumar até a Copa do Mundo, como demonstrou o primeiro tempo, em São Paulo.

 

Terça-feira,

10/outubro/2017

BRASIL 3 x 0 CHILE – 20h30

Local: Allianz Parque (São Paulo); Juiz: Roddy Zambrano (Equador); Renda: R$ 15.118.391,02; Público: 41.008; Gol: Paulinho 8, Gabriel Jesus 10 do 2o; Cartão amarelo: Phillippe Coutinho (38’), Neymar (45’), Alexis Sánchez (10’)

BRASIL: 23. Éderson (6), 2. Daniel Alves (6,5), 13. Marquinhos (5,5), 3. Miranda (6) e 6. Alex Sandro (5,5); 5. Casemiro (6,5); 11. Coutinho (7), 15. Paulinho (7), 8. Renato Augusto (7) e 10. Neymar (7); 9. Gabriel Jesus (7,5). Técnico: Tite

CHILE: 1. Bravo (4), 4. Isla (5), 17. Medel (5), 18. Jara (5,5) e 15. Beausejour (5); 16. Pablo Hernández (5,5) e 20. Aránguiz (6) (5. Pulgar, intervalo (5)); 6. Fuenzalida (6) (Puch 16 do 2o (5)), 10. Valdivia  (5,5) e 7. Alexis Sánchez (5); 11. Vargas (4). Técnico: Juan Antonio Pizzi

* pela saída do estádio rápida para entrar no ar no programa A Última Palavra fixo devendo as alterações.


Loja oficial do Palmeiras tem recomendação de não vender camisa de Neymar
Comentários 29

PVC

A loja oficial do Palmeiras, na rua Palestra Itália, tem a recomendação de não vender a camisa do clube com a inscrição Neymar Jr. nas costas. As vendas estão acontecendo em frente ao clube, do outro lado da rua, na loja PalmeirasMania, que pertence ao ex-jogador de basquete do clube, Aguirre.

No fundo, o que aconteceu foi dar a ideia. A PalestraMania colocou uma camiseta na vitrine com o nome de Neymar. Quem gostar da ideia pode pedir a camisa da vitrine ou uma estampa idêntica.

Se quiser estampar o seu próprio nome nas costas, também pode.

Na loja oficial do Palmeiras, isto também pode acontecer, se o cliente pedir. Mas há o cuidado de evitar a propaganda pela confusão das marcas dos patrocinadores oficiais. Neymar é patrocinado pela Nike, o Palmeiras pela Adidas.

No fundo, o que aconteceu desde sexta-feira, quando vazou a foto de Neymar com a camisa do Palmeiras e com suas declarações sobre ser palmeirense na infância e adolescência, foi explorar o orgulho do clube de ter como torcedor o melhor jogador do Brasil. Neymar também vestiu a camisa do Corinthians na semana do jogo contra o Paraguai, em Itaquera.

Evidentemente, o sentimento santista é diferente. A relação entre Neymar e o Santos pode ter ficado um pouco mais distante neste episódio.