Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Brasil teve postura mais ousada e mais jogo coletivo... contra a Venezuela

PVC

2014-10-20T15:00:05

14/10/2015 00h05

O lance do primeiro gol do Brasil aconteceu aos 36 segundos de partida e seria cedo para ter certeza se a posição dos volantes seria mesmo mais ousada. Mas Elias errou um passe na meia direita e Luiz Gustavo roubou a bola à frente do grande círculo. Era positivo. Também foi muito boa a atuação de Willian, chamando a responsabilidade. O primeiro sinal também aconteceu no gol, aos 36 segundos.

Claro que a jogada que deu certo tão cedo pode ter dado a confiança necessária para empurrar o Brasil à frente. Os problemas continuaram aparecendo. Excesso de passes errados até os vinte minutos, o que aos poucos foi se acertando — no final do primeiro tempo já havia a porcentagem definitiva e baixa de erros, 6%.

Willian seguiu sendo o melhor em campo até o final, Luiz Gustavo foi o recordista brasileiro de desarmes, com três, e também foi à frente. Oscar estava muito mal, até fazer o corta-luz para o segundo gol, também de Willian. Então, soltou-se e fez boas jogadas até ser substituído, logo depois de perder o que seria o 3 x 0.

Lucas Lima entrou bem, o Brasil falhou na defesa e sofreu o gol de bola parada e então Douglas Costa fez o cruzamento para Ricardo Oliveira marcar pela seleção depois de dez anos. É o centroavante mais idoso a marcar pela seleção desde que Romário fez contra a Guatemala, no Pacaembu, em sua partida de despedida, aos 39 anos.

Não convence vencer a Venezuela por 3 x 1 e ter defeitos defensivos, falta de compactação em vários momentos. Mas o time foi mais sólido. Em vários lances, ainda assusta um jogador receber a bola sem opção de passe, mas em muitos momentos havia a solidariedade natural a uma equipe. Quem recebia tinha duas opções de passe.

É claro que a seleção ainda não existe, mas isso é parte de um trabalho de formação de equipe. Demanda tempo e ganho de confiança. Só a seqüência vai fazer surgir um time capaz de ser chamado de seleção brasileira.

 

brasil3x1venezuela

 

 

 

 

 

 

A jogada do primeiro gol: avanço dos volantes continuou depois

 

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC