PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do PVC

O Palmeiras subindo, o São Paulo caindo... E o Botafogo

PVC

22/06/2017 01h07

Borja fez o gol e Fernando Prass foi fundamental na vitória do Palmeiras, num jogo de quatro finalizações certas dos dois lados. A dificuldade existiu porque o Atlético Goianiense bloqueou o meio-de-campo palmeirense e obrigou o time de Cuca a ter paciência, com 65% de posse de bola e sem espaço para infiltração.

Até que Roger Guedes foi à linha de fundo, cruzou e Borja aproveitou na pequena área, exatamente onde sabe fazer. Borja não fez o que Cuca mais pede, ou seja, não deu combate na saída de bola. Keno e Roger Guedes, sim. O Palmeiras roubou 20 bolas, três acima do meio-de-campo.

Nenhum desarme foi de Borja. O gol, mais importante, sim.

Tchê Tchê voltou a aparecer na marcação. Foi o rei dos desarmes, com cinco. O Palmeiras cresce na classificação, chega ao sétimo lugar momentaneamente, aos 13 pontos, neste momento sete a menos do que o líder — a distância já foi de doze.

Enquanto isso, o São Paulo desce. Em dezessete jogos, quinze pelo Brasileirão, jamais venceu na Arena da Baixada. O resultado é, portanto, normal. A classificação, não.

Neste momento, o time está em 15o. lugar, um ponto acima da zona de rebaixamento. Está claro que Rogério Ceni não correrá risco enquanto o São Paulo não correr risco. O tricolor muda de rota de maneira ousada. Estreou Denílson e Brenner, contratou doze jogadores no ano, vendeu quinze e a reforma com o campeonato em andamento aumenta o risco de se aproximar da zona de perigo.

É necessário vencer o Fluminense no domingo.

Especial o Botafogo. Mesmo com Mílton Mendes dizendo que jogou no ataque e o Botafogo ia esporadicamente ao ataque, está claro para quem assiste ao Botafogo que este é seu mérito. O time de Jair Ventura conhece seu limite, joga no seu limite, briga por todas as bolas e chega aos 15 pontos, com vitória em casa e fora também.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC