Blog do PVC

O Botafogo é preto e branco

PVC

O caso de injúria racial de um torcedor do Botafogo, já identificado, com nome e sobrenome, não tem nada a ver com o episódio do Grêmio em 2014.

Ainda que se deve pensar se a punição ao Grêmio foi justa. Não foi.

Nada será justo enquanto se punir a instituição e o criminoso permanecer solto.

Então, é possível dizer que o Grêmio foi eliminado injustamente. Talvez fosse eliminado em campo, o que era provável, e isso reforçou a tese da eliminação simbólica.

Isto à parte, toda injúria racial é criminosa e deve punir o criminoso.

No caso de 2014, a injúria poderia ter desestabilizado emocionalmente um jogador em atuação no campo. No caso do estádio Nilton Santos, a injúria dirigiu-se a uma família.

Nos dois casos, é crime. O criminoso deve ser preso e responder ao processo, como a Justiça determinar.

O Botafogo é vítima do idiota. Não o criminoso.

Manga, Josimar, Leônidas, Nilton Santos e Marinho Chagas; Gérson e Didi; Garrincha, Jairzinho, Leônidas e Paulo Cezar. O Botafogo é preto e branco.