Blog do PVC

Corinthians deixa de ser igual ao Real Madrid e fica pior que Cruzeiro 2014

PVC

Há sete rodadas, o Corinthians tinha campanha igual à do Real Madrid, superior às do Chelsea e do Bayern, nos dezesseis primeiros jogos dos campeonatos da Europa. Sete partidas depois, com três vitórias, um empate e três derrotas, o Corinthians já não tem nem sequer a melhor pontuação da história dos pontos corridos, a esta altura da campanha.

O privilégio agora pertence ao Cruzeiro, de 2014, dono de 53 pontos, nove a mais do que o segundo colocado, São Paulo. Como o Corinthians de 2017, também o São Paulo de 2007, o Fluminense de 2012, o Cruzeiro de 2013 e 0 Corinthians de 2015 tinham 50 pontos depois de 24 rodadas.

Quando Fábio Carille diz que a instabilidade é normal, ele tem razão, no entanto. O Corinthians de 2011 abriu sete pontos de vantagem na décima rodada. Nos catorze jogos seguintes, sofreu sete derrotas. Na 24a rodada, tinha 43 pontos, apenas um a mais do que o Vasco, vice-líder.

Outro pontos positivo para o Corinthians. Quem abriu sete pontos para o segundo colocado, nunca perdeu a taça. Já aconteceram viradas, como a do São Paulo de 2008, e do Flamengo, 2009, capazes de retirar diferenças de dez e doze pontos, respectivamente. Mas a distância do líder para o segundo colocado era de um ponto, em 2009 (Palmeiras para o Internacional) e de cinco pontos em 2008 (Grêmio para o Palmeiras).

O Corinthians continua sobrando. Mas precisa entender porque deixou de ser igual ao Real Madrid da temporada passada para ser pior do que o Cruzeiro de 2014.