Blog do PVC

Minha primeira tevê a cores

PVC

Era o início da noite de 26 de fevereiro de 1978, quando meus pais desapareceram. Em casa com minha avó, Maria Emília, e meu irmão Marcos. Minha mãe estava sempre em casa a esta hora e meu pai voltava mais ou menos por ali… Às 8, 8h30… Minha vó não dizia nada sobre onde eles estavam. Apenas que estavam quase chegando.

Não havia telefone em casa. Muito menos celular, naquela época. Jantamos e provavelmente mudamos de canal no televisor Philco. Se você não se lembra ou não tem idade suficiente para se lembrar, o seletor era uma peça redonda que fazia tréc, tréc, a cada mudança de canal. 2 para a TV Cultura, 4 para a Tupi, 5 para a Globo, 7 para a Record, 11 para a Gazeta, 13 para a Bandeirantes.

Era assim em São Paulo.

Mas eu queria ver o jogo do Atlético. Atlético x Londrina, semifinal do Campeonato Brasileiro. Ia passar na Globo, canal 5, narração de Carlos Valadares.

''Onde está minha mãe, vó?''

''Ela já vai chegar.''

''E meu pai?''

''Vai chegar já, já.''

O jogo começava às 21h30 e a porta só se abriu lá pelas 21h05, mais ou menos. Meu pai carregava uma caixa grande. Quando abriu, surpresa: a primeira TV a cores da minha casa.

Levantou a plaquinha e veio a notícia. Substituição na rua Caetanópolis. Sai TV Philco, preto e branco, entra TV Sharp, colorida.

Rapidamente meu pai fez a alteração e apertou o botão que ligava a tela bonita. Colocou no canal 5, TV Globo, mas estranhou que a imagem aparecia ainda sem as cores originais. O Atlético de camisa branca e calção preto, o Londrina de camiseta listrada azul celeste e branco. Tudo estava meio cinza. Enquanto meu pai tentava encontrar o defeito, avisei:

''O Carlos Valadares avisou que esta transmissão será excepcionalmente em preto e branco.''

ATLÉTICO-MG 4 x LONDRINA 2

Local: Magalhães Pinto – Mineirão (Belo Horizonte); Juiz: Aírton Vieira de Morais (RJ); Renda: Cr$ 3 945 185,00; Público: 96 404; Cartão amarelo: Arengui, Claudinho, Zé Antônio, Paulo Rogério e Carlos Alberto Garcia; Gols: Ziza (pênalti) 18 e Reinaldo 31 do 1o; Brandão 12, Reinaldo 20, Carlos Alberto Garcia 28 e Reinaldo 48 do 2o

ATLÉTICO-MG: João Leite, Alves, Márcio, Vantuir e Valdemir; Ângelo e Marcelo; Serginho, Reinaldo, Paulo Isidoro e Ziza. Técnico: Barbatana

LONDRINA: Paulo Rogério, Claudinho (Zé Antônio), Carlos, Arengui e Dirceu; Zé Roberto (Sérgio Américo) e Carlos Alberto Garcia; Xaxá, Brandão, Ademar e Nenê. Técnico: Armando Renganeschi.