Blog do PVC

Vasco abusa dos erros

PVC

A colaboração de Galdezani permitiu ao Vasco abrir o marcador aos 16 minutos do primeiro tempo. Com a torcida a favor, enchendo o lado direito das tribunas do Maracanã, podia ser o suficiente para amassar o 18o colocado do Brasileirão. Mas o Vasco recuou. Preferiu o contra-ataque, teve menos posse de bola do que o Coxa e permitiu ao Coritiba aos poucos invadir o campo de ataque.

Timidamente. Sem chances claras de gols. Mas avançando, ganhando território, pouco a pouco.

Até que Rildo driblou na entrada da área e fuzilou Martin Silva.

O empate por 1 x 1 evidencia as deficiências do Vasco. Três vitórias seguidas depois de cinco anos na Série A, como aconteceu na quarta-feira. Mas mesmo contra o Atlético Goianiense, o Vasco não jogou bem. Contou com a ajuda do lateral goiano Jonathan, que marcou contra. Também contou com o auxílio de Galdezani, outro gol contra.

O Vasco pode brigar pela Libertadores, mas deixou a chance grande escapar. Mas precisa ganhar o clássico contra o Flamengo para criar um embate pela última vaga. Ou torcer contra o Botafogo nos jogos com Corinthians, no Nílton Santos, e Atlético, no Independência.