Blog do PVC

Juíza concede liminar e anula votos da urna 7 do Vasco

PVC

A juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves, da 52a Vara Cível do Rio de Janeiro, determinou a anulação dos 475 votos da urna 7, sob suspeita desde a eleição para o Conselho Deliberativo do Vasco, no dia 7 de novembro. jA juíza fala em ''evitar a eleição em janeiro de 2018 com o cômputo de votos viciados, que possivelmente possam vir a ser anulados.''

Assim, neste momento, a eleição para presidente que acontecerá em janeiro terá 120 conselheiros eleitos pela chapa amarela, encabeçada por Júlio Brant, e 30 da Chapa Azul, de Eurico Miranda. A decisão é liminar.

A juíza determina ainda que se intime pessoalmente o presidente do Clube, Eurico Ângelo de Oliveira Miranda, para cumprimento da presente decisão, sob pena de multa pessoal no valor de até R$ 50 mil.

Ainda haverá capítulos desta história até a eleição de janeiro, mas, neste momento, a chance de Júlio Brant ser eleito presidente do Vasco é grande. À chapa de Eurico Miranda cabe ainda encontrar os recibos e comprovar a regularidade dos eleitores da urna 7.