Blog do PVC

Queda do Corinthians começou quando ainda tinha Jô, Pablo e Arana

PVC

O Corinthians perdeu três jogos e empatou um dos oito disputados em 2018. O aproveitamento atual é de 54%, bem diferente dos 82% do primeiro turno do Brasileirão 2017. A queda de rendimento chama a atenção agora, mas é continuação do que aconteceu a partir do segundo turno do campeonato nacional vencido pelo Corinthians há três meses.

Primeiro clube a terminar invicto o primeiro turno de um Campeonato Brasileiro por pontos corridos, o Corinthians perdeu seu terceiro jogo na partida número 51 do ano passado.

As primeiras 50 partidas levaram ao título estadual, à eliminação invicta da Copa do Brasil, à classificação para a terceira fase da Copa Sul-Americana. Também houve três amistosos, com o total de 31 vitórias, 17 empates e 2 derrotas.

A partir a primeira rodada do segundo turno, o Corinthians realizou mais 21 partidas em 2017 e oito em 2018. A soma destas partidas revela um incrível contraste. São 29 partidas, com 11 vitórias, 7 empates e 11 derrotas.

Dos 82% de aproveitamento no primeiro turno do Brasileirão (73% no primeiro semestre), o time caiu para 45%.
É simplista dizer que o Corinthians caiu de rendimento porque perdeu Jô, Pablo e Arana. No segundo turno do Brasileirão, eles ainda estavam no Parque São Jorge e o Corinthians somou 7 vitórias, 4 empates e 8 derrotas. Não é só isso. Alguma coisa mais se perdeu.