Blog do PVC

Vasco perde para jogada conhecida da Universidad de Chile

PVC

Dos nove gols da Universidad de Chile nos cinco jogos que disputou pelo Campeonato Nacional, cinco foram pelo lado esquerdo. Era sabido que o setor por onde jogavam o lateral-esquerdo Beausejour, duas Copas do Mundo, e o meia Araus, seria o mais perigoso. O antídoto seria a posse de bola e a capacidade de trocar passes até abrir espaço para infiltrações com dois homens pelas pontas contra um pela lateral.

Havia condição de fazer isso no primeiro tempo, especialmente porque era o zagueiro Rafael Vaz quem saía para a marcação de Wágner, na ponta direita, e Vilchez saía com Rildo na marcação. Riascos matava a sobra jogando em cima do líbero Echeverria.

Só que aos poucos a Universidad de Chile foi tirando a posse de bola do Vasco, especialmente no segundo tempo. Depois da alteração, com Paulinho na vaga de Wágner, duas escapadas por aquele lado deram a pista de que o Vasco poderia ganhar a partida com seu atacante mais talentoso.

Até os 3 minutos, duas investidas e, depois disso, só com Yago Pikachu aos 29.

Enquanto isso, a Universidade de Chile trocava a bola de pé em pé, de Pizarro para Soteldo e, principalmente para Araus. Sempre pelo lado esquerdo, levava perigo.

Até que numa jogada de arremesso lateral, aos 33 minutos, Araus passou por Paulão e finalizou frente a frente com Martin Silva.

O Vasco vai precisar somar pontos fora de casa, contra Cruzeiro e contra o Racing.

Quarta-feira, 14/março/2018
VASCO 0 x 1 UNIVERSIDAD DE CHILE – 21h30

Local: São Januário (Rio de Janeiro); Juiz: Daniel Fedorczuk (Uruguai); Público: 18.681; Carlos Pastorino, Gabriel Popovits; Gols: Araus 31 do 2º; Cartão amarelo: Riascos (19’), Rafael Caroca (81’)
VASCO: 1. Martin Silva (6,5), 22. Yago Pikachu (5), 25. Paulão (4,5), 3. Erazo (5,5) e 16. Henrique (5,5); 5. Desábato (6) (9. Andrés Rios 29 do 2º (5)) e 7. Wellington (5); 20. Wágner (5) (11. Paulinho, intervalo (6)), 10. Evander (5) e 17. Rildo (4,5) (21. Paulo Vítor 35 do 2º (sem nota)); 18. Riascos (4). Técnico: Zé Ricardo
UNIVERSIDADE DE CHILE: 25. Herrera (5), 2. Vilchez (6), 20. Echeverria (6,5) e 5. Rafael Vaz (6); 6. Matías Rodriguez (5), 14. Seymour (6) (23. Schultz 36 do 2º (sem nota)), 8. David Pizarro (6,5) e 15. Beausejour (6,5); 13. Araus (7,5) (17. Rafael Caroca 34 do 2º (sem nota)) e 10. Soteldo (5) 16. Isaac Díaz 36 do 2º (sem nota)); 9. Pinilla (6). Técnico: Angel Guilherme Houyos

Tags : vasco