PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Palmeiras enfrenta Novorizontino no Allianz graças a tecnologia da grama

PVC

21/03/2018 09h23

Três dias depois do show de Katy Perry, um dia após evento organizado para 5 mil pessoas, o Allianz Parque será palco das quartas-de-final do Campeonato Paulista, Palmeiras x Novorizontino. Isso só será possível por causa da mudança da tabela, feita pela Federação Paulista e solicitada pela Polícia Militar, temerosa de que a torcida do Corinthians se encontrasse com os santistas de uma facção uniformizada com sede na Penha. Isto à parte, a possibilidade de fazer um jogo com gramado em boas condições três dias depois de um grande show só existe, porque houve mudança da tecnologia e do tratamento do gramado, há um ano.

Desde abril do ano passado, a empresa Itograss é a responsável pelo gramado. Neste período, mudou a variedade da grama. "Lembramos do tempo em que o Cuca reclamava do gramado. Trocamos a variedade. Hoje, usamos um sistema chamado Ready to Play, pronto para jogar", diz o gerente comercial Breno Rodrigo Couto.

O tipo de grama chama-se Celebration, é mais resistente e permite a troca constante, com novos rolos substituindo os anteriores se for necessário. Não é o caso da partida de hoje, contra o Novorizontino. "A grama passou três dias coberta e como é resistente o prejuízo é pequeno. Neste caso, podemos recuperar pontualmente pedaços que eventualmente se desgastem. Quando necessário, troca-se o rolo da grama e ela está pronta para jogar", diz Breno Rodrigo.

O gramado do Allianz Parque é preparado em uma fazenda em Tremembé, interior de São Paulo. Em teoria, mesmo com a tempestade de terça-feira, o gramado do estádio terá condições para que ninguém reclame e que a bola role corretamente. Há dois anos, o campeão brasieiro de 2016 reclamava quando tinha de jogar em seu próprio campo, dias depois de grandes shows.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC