Blog do PVC

São Paulo é o último invicto e evolui

PVC

São treze jogos de Diego Aguirre como técnico do São Paulo e nove seguidos sem perder.

São três vitórias e seis empates. A torcida estaria vibrando se fosse o inverso, mas a realidade é dura e o time agora tenta estabilidade, depois de trocas seguidas de treinadores e diretores.

Contra o Santos, o São Paulo jogou bem. Não deu show, não foi espetacular. Mas dominou.

No primeiro tempo, poderia ter feito 1 x 0 com Diego Souza logo aos cinco minutos. Depois, teve 51% de posse de bola e nove finalizações, segundo os dados do Footstats, contra duas do Santos apenas.

Mudou no segundo tempo, porque Diego Aguirre é pragmático. Depois de fazer 1 x 0, recuou. Ou o Santos conseguiu passar a ter a bola como premissa de seu jogo.

Jair Ventura mexeu na equipe de uma maneira a ter sempre uma linha de quatro homens defendendo, mas com Vítor Bueno aberto pela esquerda, Rodrygo voltando por dentro para marcar um volante. Do outro lado, Gabriel aberto pela direita, Sasha como centroavante.

A movimentação do ataque é boa, mas ele nunca tem poder de recuperação de bola. Foram dez desarmes contra 25 do São Paulo.

Se os são-paulinos estão ainda insatisfeitos com a sexta colocação e com quatro vitórias em treze partidas, pense no Santos. Sob o comando de Jair Ventura, são onze derrotas em 28 jogos. É muita coisa. O Santos é o 14o. colocado do Brasileirão.