PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

O canguru não é perneta

PVC

21/06/2018 12h07

Eriksen começou o jogo dando o tom. Depois de atuação discreta contra a seleção peruana, o meia do Tottenham destruía com bons passes e organização do meio-de-campo. Fez 1 x 0 com sete minutos, triangulação perfeita, assistência de Jorgensen, finalização precisa de Eriksen. Então, o camisa 10 diminuiu seu ritmo.

Marcado pela dupla de volantes Mooy, do Huddersfield, e Jedinak, do Aston Villa, Eriksen desapareceu e a bola parou de chegar para Jorgensen. Aos poucos, a Austrália foi controlando a partida até acontecer a falha de Poulsen, que meteu o braço na bola. O árbitro de vídeo ajudou e Jedinak marcou.

Na segunda etapa, Mooy foi destaque. Também Leckie, homem dos contra-ataques australianos em busca do gol da vitória só não saiu porque o goleiro Schmeichel fez defesa importante no finalzinho do jogo.

A Austrália é treinada pelo técnico holandês Bert Van Marwijk, o mesmo vice-campeão mundial pela Holanda em 2010 e da mesma nacionalidade de Guus Hiddink, que levou os australianos à classificação para as oitavas-de-final em 2006. Acredite, a Austrália pode ser a segunda do grupo, como previu José Mourinho.

Quinta-feira, 21/junho/2018
DINAMARCA 1 x 1 AUSTRÁLIA – 9h, 15h

Local: Cosmos Arena (Samara); Juiz: Mateu Lahoz (Espanha); Gols: Eriksen 7, Jedinak (pênalti) 38 do 1º; Cartão amarelo: Poulsen (2º)
DINAMARCA (4-2-3-1): 1. Schmeichel (7), 14. Dalsgaard (6,5), 4. Kjaer (6,5), 6. Christensen (6) e 17. Stryger Larsen (5,5); 19. Schone (6) e 8. Delaney (6,5); 20. Poulsen (6,5) (11. Braithwaite 13 do 2º (5)); 10. Eriksen (6,5) e 23. Sisto (6); 9. Jorgensen (7) (Cornelius 22 do 2º (6)). Técnico: Are Hareide
AUSTRÁLIA (4-2-3-1): 1. Ryan (6), 19. Risdon (6,5), 5. Milligan (6,5), 20. Sainsbury (5,5) e 16. Behich (6,5); 13. Mooy (7,5) e 15. Jedinak (7); 7. Leckie (7,5), 23. Rogic (6,5) (22. Irvine 36 do 2º (sem nota)) e 10. Kruse (6) (17. Arzani 22 do 2º (6)); 11. Nabbout (5). Técnico: Bert Van Marwijk
Posse de bola – 48% x 52%; Finalizações – 10 x 14
Homem do jogo FIFA – Eriksen
Homem do jogo – Mooy

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC