Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

México esboça desenho de chave com surpresa semifinalista

PVC

2023-06-20T18:14:59

23/06/2018 14h59

O México fez sua segunda boa partida na Copa do Mundo. Teve mais dificuldade no primeiro tempo, por causa da diferença do jogo contra a Coreia do Sul, comparado com o jogo contra a Alemanha. A Coreia do Sul, pressionada pela perspectiva de eliminação, lançou-se ao ataque em poucos momentos, mas sempre com o México aproveitando para colocar velocidade no jogo.

Numa destas investidas, Vela serviu Lozano e saiu pênalti cobradopor Vela, com perfeição.

Em outra, três atacantes mexicanos contra dois zagueiros sul-coreanos, Lozano serviu Chicharito, que fez 2 x 0. Outra vez, Lozano foi o melhor homem em campo, com a companhia de Vela.

O resultado joga pressão para a Alemanha e, indiretamente, para o Brasil.

O erro mexicano foi tirar Lozano e Vela de campo nos minutos finais. Isto deu margem a que Son marcasse o gol de honra sul-coreano: 2 x 1. Encaminha o primeiro lugar da chave para o México, especialmente depois da vitória da Alemanha no último instante. Pode haver o México em primeiro na chave com a Suíça em segundo no grupo do Brasil. Imagine então México x Suíça nas oitavas, como vencedor enfrentando Senegal ou Inglaterra.

Dos quatro, México, Suíça, Senegal e Inglaterra haveria um semifinalista que não estava nas projeções iniciais.

Sábado, 23/junho/2018
COREIA DO SUL 1 x 2 MÉXICO – 12h, 18h

Local: Arena Rostov (Rostov on Don); Juiz: Mirolav Mazic (Sérvia); Gols: Vela (pênalti) 26 do 1º; Chicharito Hernández 21, Son 48 do 2º; Cartão amarelo: Gwon, Lee Yong, Song Lee, Jung,
COREIA DO SUL (4-1-4-1): 23. Joo (7,5), 2. Lee Yong (5), 20. Jang (5,5), 19. Gwon (5,5) e 12. Kim (5) (14. Hong 38 do 2º (sem nota)); 18. Moon (4) (15. Jung 31 do 2º (sem nota)), 8. Ju (10. Song Lee 28 do 2º (sem nota)),, 16. Ki (4) e 11. Hwang (5); 17. Lee (5) ; 7. Son (6,5). Técnico: Shin Taeyong
MÉXICO (4-2-3-1): 13. Ochoa (7), 21. Edson Álvarez (6), 3. Salcedo (6), 15. Héctor Morteno (6,5) e 23. Gallardo (6,5); 16. Herrera (6,5) e 18. Guardado (6,5) (4. Rafa Márquez 22 do 2º (6)); 7. Layún (6,5), 11. Vela (7) (10. Giovanni dos Santos 31 do 2º (5)) e 22. Lozano (7) (17. Jesús Corona 25 do 2º); 14. Chicharito Hernández (7). Técnico: Juan Carlos Osório
Posse de bola 41% x 58%– Finalizações – 17 x 13
Homem do jogo Fifa – Chicharito Hernández
Homemdo jogo PVC – Lozano

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC