Blog do PVC

Rodada permite encontro inédito de campeões até semifinais

PVC

A terceira rodada da fase de grupos pode produzir um efeito inédito, dependendo da combinação de resultados.

Todos os campeões podem ficar de um lado só da chave e se matarem até um deles alcançar a final. A única vez em que houve algo semelhante foi em 1966, quando só havia quatro vencedores de Copas e dois foram eliminados na fase de grupos — Brasil e Itália. Alemanha e Uruguai encontraram-se na segunda fase.

Enquanto isso, do outro lado, pode haver México, Bélgica e Croácia, com um deles alcançando a primeira decisão de suas histórias.

A hipótese pode acontecer tanto com o Brasil em primeiro lugar em seu grupo, quanto em segundo, mas para que ocorra com o Brasil vice-líder de sua chave depende de um tropeço improvável da França contra a Dinamarca. E, neste caso, o mais provável seria a Argentina fora, o que excluiria um dos campeões. A primeira hipótese, com Uruguai, França, Brasil e Inglaterra campeões de seus grupos, Alemanha e Argentina em segundo, forçaria um inédito encontro dos campeões entre as oitavas-de-final e as semifinais.

Já se o Brasil for o líder do Grupo E, a chance aumenta.

Veja abaixo, possíveis combinações para as oitavas-de-final em diante. Os jogos estão agrupados dois a dois, de acordo com o cruzamento para as quartas-de-final. Os dois jogos de cima cruzam com os dois seguintes numa eventual semifinal:

BRASIL EM PRIMEIRO E CAMPEÕES AGRUPADOS

URUGUAI (1) x ESPANHA (2)
FRANÇA (1) x ARGENTINA (2)

BRASIL (1) x ALEMANHA (2)
INGLATERRA (1) x COLÔMBIA (2)

PORTUGAL (1) x RÚSSIA (2)
CROÁCIA (1) x DINAMARCA (2)

MÉXICO (1) x SUÍÇA (2)
JAPÃO (1) x BÉLGICA (2)

BRASIL EM SEGUNDO E CAMPEÕES AGRUPADOS
RÚSSIA (1) x PORTUGAL (2)
DINAMARCA (1) x NIGÉRIA (2)

SUÍÇA (1) x MÉXICO (2)
BÉLGICA (1) x COLÔMBIA (2)

ESPANHA (1) x URUGUAI (2)
CROÁCIA (1) X FRANÇA (2)

ALEMANHA (1) x BRASIL (2)
JAPÃO (1) x INGLATERRA (2)