Blog do PVC

Chelsea faz com Jorginho o que Milan fazia com Pirlo

PVC

O Chelsea mudou da água do vinho, da saída de Antonio Conte para a chegada de Maurizio Sarri. Dois técnicos italianos, duas maneiras de pensar futebol opostas. Conte foi campeão inglês em 2017 com linha de cinco defensores, um 3-4-3 que se transformava em 5-4-1 e que orientou cinco seleções da Copa do Mundo. Mas Maurizio Sarri sempre preferiu o 4-3-3.

A nova formação não tem um armador, como o Milan de Carlo Ancelotti, mas um conceito o técnico do clube londrino traz da escola Carlo Ancelotti: o primeiro volante joga. Como Xabi Alonso, do Real Madrid campeão da Champions League de 2014, mas principalmente como Pirlo, vencedor da Champions em 2003 e 2007 sob o comando de Ancelotti, no Milan.

Naquele tempo, o mais marcador era Gattuso, que jogava com a camisa 8 e posicionado como meia direita.

Pois Kanté está fazendo o mesmo estilo, camisa 7 às costas, dirigido por Maurizio Sarri no Chelsea.

Por trás, o ítalo-brasileiro Jorginho dá a categoria do passe. Jorginho foi o recordista de passes no clássico contra o Arsenal, vitória do Chelsea por 3 x 2. Dos 99 passes, acertou 92%. Enquanto isso, Kanté faz o vai e vem e marca e ataca do lado direito do meio-de-campo, posicionado como se fosse um camisa 8.

Na Itália, a posição de Jorginho se chama Regista Difensivo. É Jorginho quem rege o novo Chelsea.

Mas quem decide é Hazard, que saiu do banco para dar o passe para o gol da vitória de Marcos Alonso.