Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

O Bernabéu dividido entre River e Boca

PVC

2007-12-20T18:09:16

07/12/2018 09h16

PVC EM MADRI

O River Plate perdeu muito com a decisão da Libertadores no Santiago Bernabéu. O adiamento permitiu ao Boca Juniors recuperar o atacante Pavón. Eleito o melhor jogador da última edição da Superliga Argentina, Pavón disputou a Copa do Mundo e é o mais habilidoso jogador boquense. A outar perda do River foi a torcida. O estádio do bairro Chamartín, em Madri, estará dividido com 25 mil boquenses e outros 25 mil riveristas.

Diferente de tudo o que se viu nos grandes clássicos espanhóis, a torcida do River ficará à direita das tribunas e a do Boca Juniors à esquerda das tribunas, como mostra a ilustração do diário MARCA — acima está a grande avenida Paseo de la Castellana.

Lembra a divisão do Maracanã, com rubro-negros à esquerda e vascaínos à direita da tribuna, tricolores à esquerda sempre, menos contra o Flamengo, botafoguenses sempre à direita, exceto contra o Vasco.

O cálculo é de 2500 policiais, mais do que o dobro do que se utiliza nos clássicos entre Real Madrid x Barcelona ou nos dérbis entre Atlético e Real. O número mais surpreendente é outro: 42 milhões de euros. É o que se imagina na Espanha que o final de semana de Libertadores vai movimentar.

Ainda que se discuta a veracidade destes números e que se pergunte se a corte espanhola era o melhor lugar para a disputa de um torneio chamado Libertadores da América, sabe-se que o futebol movimenta o PIB da Espanha por juntar o desejo de ver grandes jogos com o turismo de cidades como Madri e Barcelona. As contas sobre a indústria do futebol espanhol indicam participação entre 0,7% e 1,2% do PIB.

Gera emprego, paga imposto. Desta vez, para assistir ao clássico argentino, que deveria ter acontecido em Buenos Aires.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC