Blog do PVC

A dúvida entre ser Athletico ou Paranaense

PVC

O que o Athletico Paranaense pretende, com a mudança da marca, é diferenciar-se. Ser único. Deixar de ser o outro rubro-negro e, principalmente, não ser mais um outro Atlético. Não era outra a intenção, quando o presidente Valmor Zimmerman decidiu trocar o uniforme de listras horizontais, igual à do Flamengo, por listras verticais. Em 1988, o Milan foi a inspiração. Muita gente no Sudeste nem se lembra que o Atlético Paranaense tinha camisa igual à flamenguista.

O problema atual é ser Atlético. No Brasil, quando se diz Atlético, o pensamento vai a Belo Horizonte.
Nelson Rodrigues dizia que tricolor só tem um. Os outros são times de três cores.
O plágio é: Atlético só tem um, os outros são atléticos.
O São Paulo nunca se preocupou com a sentença de Nelson Rodrigues. Hoje, para muitos, representa ''O Tricolor.''

Acrescentar a letra H aumenta a chance de a imprensa escrever Athletico-PR. Perceba que este blog se esforça em sempre grafar Athletico Paranaense — antes Atlético Paranaense. Mas, às vezes, não cabe no título, porque jornais e sites trabalham com limite de caracteres. O senador Fernando Henrique Cardoso virou o Ministro da Fazenda e depois Presidente da República FHC. O nome completo não cabia na manchete do jornal.

Athletico Paranaense também não cabe.

E por isso se escreve Atlético-PR, o que cria a tentação de dizer Atlético do Paraná. Muita gente comete este erro, o que irrita os atleticanos profundamente.

A chance de acabar de vez com isso seria um pedido para que se trate o clube como ''Paranaense.'' Argumentei com o presidente do Conselho Deliberativo do Furacão, Mario Celso Petraglia, que Paranaense é muito grande. Ele respondeu: ''Fluminense também é.'' Tem razão. A solução é essa.

Mas quando se chega a Curitiba e se pergunta para qual clube o cidadão torce, a resposta vem seca: Athlético. Se o cara não for coxa-branca, vai dizer assimn: Athletico. E a arquibancada da Arena canta: A-Thle-Tico!

Já imaginou chegar à capital do Paraná e ouvir o torcedor dizer que torce pelo Paranaense? Difícil.

Mas espalhar o conceito de que o Clube Atlético Paranaense é o Paranaense é possível em termos nacionais e internacionais. Hoje já é assim para a imprensa colombiana. Lá, a final da Copa Sul-Americana será entre o Paranaense e o Junior.

Veja que não é Atlético Junior. É Junior!

Atlético há vários. Club Atlético River Plate, Club Atlético Peñarol, Club Atlético Boca Juniors. O Athletico Paranaense precisa mesmo diferenciar-se.

Por isso, mudou o escudo e, com isso, criou uma marca. Se olhar bem, o escudo tem o mesmo formato do original, apenas sem o contorno. Serve como marca para tudo. Pode ter roupa do CAP, carro do CAP, qualquer produto com a marca nova. Como a Juventus fez com a letra J duplicada, o Athletico Paranaense inventou um logotipo.

Também já tem uma camisa exclusiva, vermelha com listras diagonais pretas na altura da barriga. Passa a ser um Athlético diferente de todos, porque tem o H. Mas continua a ser o Athletico-PR. Falta encontrar o nome como será conhecido pelo mundo todo: Paranaense?

Sabe o que resolve tudo isso? Ser campeão ano sim e no outro também. Não existe marketing melhor do que a vitória.

Tags : atletico-pr