Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

São Paulo compra 70% de Pablo e lamenta sorteio da Libertadores

PVC

2017-12-20T18:22:55

17/12/2018 22h55

O São Paulo foi eliminado por times médios da Argentina em suas duas últimas participações internacionais, nas Copas Sul-Americanas de 2017, pelo Defensa y Justicia, e de 2018, pelo Colón. Informação mais assustadora do que esta não há. Atenuante na noite de segunda-feira, apenas a certeza de que o Tricolor contratou o atacante Pablo, do Atlético Paranaense. Serão 7 milhões de euros, sem nenhum jogador envolvido no negócio, mas mantendo 30% sob controle do rubro-negro de Curitiba. O acerto avançou desde sexta-feira, data em que Mario Celso Petraglia afirmou com todas as letras que proposta do Flamengo não havia chegado a Curitiba.

O grupo mais difícil da Libertadores será formado por River Plate, Internacional e São Paulo, além do Alianza. Desde que o time de André Jardine ultrapasse as duas fases eliminatórias, primeiro contra o Talleres, 15o colocado na Argentina, depois possivelmente pelo Independiente Medellín, vice-campeão colombiano, ou Palestino, campeão da Copa Chile.

A chave mais tranquila, aparentemente, será o do Cruzeiro, contra Huracán, Deportivo Lara e Emelec. Muito mais tranqüila a vida cruzeirense do que em 2018, quando enfrentou o Vasco e o Racing, num dos agrupamentos com três ex-campeões. Segue-se a chave do Flamengo, contra o Peñarol, a LDU e o campeão boliviano do Torneio Clausura. Não é simples, como também não serão as vidas do Palmeiras, contra San Lorenzo e Junior de Barranquilla, além de Universidad de Chile, favorito nos confrontos das fases iniciais.

Nem será fácil o caminho do Grêmio, contra Rosario Central, Universidad Católica e, possivelmente, o vencedor de Libertad x Atlético Nacional. Quase tão duro quanto o grupo da morte, de River Plate, Internacional e, quem sabe, o São Paulo.

O Atlético Mineiro terá adversários chatos até a fase de grupos, como Danubio e Barcelona de Guayaquil, dese que o equatoriano passe pela primeira fase eliminatória.

O Atlético Paranaense não tem do que reclamar, exceto a perda de Pablo para o São Paulo. Jogará contra o Boca Juniors. Mas basta um pouco de concentração para passar por Tolima e Wilstermann. Claro que não há vida fácil e o Tolima já tirou o Corinthians, como o Wilstermann eliminou o Atlético Mineiro. Mas a lógica é que os rubro-negros fiquem pelo menos com a segunda vaga de seu grupo.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC