Blog do PVC

A maratona de Neymar

PVC

O jornal L'Equipe em sua edição desta segunda-feira, 7 de janeiro, elogiou a atuação de Neymar no frágil jogo contra o Pontivy, pela Copa da Liga. Lembrou de sua lesão antes da última partida de 2018, contra o Nantes, e da liberação antecipada oferecida pelo técnico Thomas Tuchel. ''No retorno, Neymar mostrou que está pronto para a maratona do Paris Saint-Germain'', destacou o diário francês.

Entre o compromisso contra o Pontivy e a partida contra o Manchester United, em 12 de fevereiro, pelas oitavas-de-final da Champions League, serão onze partidas em 36 dias, sem direito a nenhum meio de semana livre. Como está fora da Copa da Liga, o Manchester United terá seis jogos entre hoje e as oitavas-de-final da Champions.

É óbvio que Thomas Tuchel não precisará escalar Neymar em todas as partidas do Campeonato Francês, da Copa da França e da Copa da Liga Francesa até o compromisso com o Manchester United. Mas a maratona do PSG será maior do que a dos ingleses. Incrível levando em conta o calendário apertado de dezembro a janeiro da Inglaterra.

O que pode facilitar a corrida do PSG é a disparidade entre seu time e as outras forças da França. Em dezessete rodadas, o Paris Saint-Germain venceu quinze vezes, empatou duas, tem dois jogos a menos e, mesmo assim, treze pontos de vantagem sobre o Lille, segundo colocado. O Manchester United está em sexto lugar na Premier League, mas conta com o recente sucesso de cinco vitórias seguidas e 16 gols marcados desde que Ole Gunnar Solskjaer sucedeu José Mourinho no cargo de treinador.

Na semana passada, Solskjaer declarou que fará tudo para que seja difícil para a diretoria do Manchester United negar-lhe a efetivação em maio. Para isso, quer ganhar a Copa da Inglaterra. Claro que não despreza a Champions League.