Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Cláusula de barreira inglesa ajudou Flamengo a ter Gabriel

PVC

09/01/2019 15h32

O Everton esteve próximo de contratar Gabriel, da Internazionale, numa negociação que se estendeu entre dezembro e a primeira semana de janeiro. Além de uma distância de 5 milhões de euros, porque o clube de Liverpool oferecia 15 milhões e a Inter exigia 20, o que atrasou a negociação foi uma velha cláusula de barreira do futebol inglês.

Nos anos 1990, quando Juninho Paulista transferiu-se do São Paulo para o Middlesbrough, ficou famosa a imposição a estrangeiros, sem passaporte da Comunidade Econômica Europeia e sem um mínimo de 75% de presença na seleção nacional de seu país nos dois anos anteriores à contratação.

Esta cláusula mudou, mas as barreiras seguem existindo. No caso de Gabriel, brasileiro e sem passaporte comunitário, mas de um país que ocupa uma das dez primeiras posições do ranking da Fifa, seriam necessários 30% de convocações nos últimos dois anos. Gabriel só foi chamado uma vez por Tite, em agosto de 2016.

Em vários casos de jogadores brasileiros, como o de Juninho, em 1995, antes da liberação de estrangeiros com passaporte da união europeia, havia chance de driblar a cláusula de barreira, com documentos assinados por treinadores nacionais. Zagallo contava com Juninho na seleção para a Olimpíada e para as eliminatórias. Isso ficou claro e o meia pôde se tornar o segundo brasileiro com passagem pelo Campeonato Inglês — o primeiro foi Mirandinha, no Newcastle, entre 1987 e 1989.

Com Gabriel, não havia esta possibilidade. A Internazionale desistiu do negócio pela diferença financeira. O Everton não avançou pela dificuldade burocrática. Isto tudo ajudou o Flamengo a contar com Gabigol para a temporada 2019.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC