Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Nada a temer, por enquanto

PVC

24/01/2019 00h26

Dos resultados ruins do início de temporada, é claro que chamam mais a atenção os de Corinthians e Botafogo. Porque somam um empate em casa e uma derrota fora. Mesmo entre eles, não há ainda o que temer. Há coisas para analisar.

Assim como aconteceu em 2017, o Corinthians perde produtividade quanto mais posse de bola possui. No primeiro turno do Brasileirão que venceu, dois anos atrás, Fábio Carille foi aos poucos dando posse de bola e troca de passes. No primeiro semestre, atraía os rivais. Fez 47 pontos no primeiro turno. Na segunda metade, tentava mais construir o jogo, parte da evolução da equipe. Perdeu oito vezes em 19 rodadas.

Por enquanto, o Corinthians só marca em cruzamentos. Para Gustavo, no amistoso contra o Santos e no Brinco de Ouro, contra o Guarani. De bola parada, cabeçada de Henrique, contra o São Caetano.

A hora é de análise e treinamento. No Botafogo, também. Em General Severiano, falta ser incisivo. Foram três finalizações contra o Bangu, duas de Luiz Fernando. O Bangu chutou sete vezes.

O Flamengo começou melhor e cedeu o empate para o Resende. De Arrascaeta jogou pelo centro do meio-de-campo, num 4-3-1-2, losango no meio-de-campo. Gabriel mais próximo de Henrique Dourado. Foram oito finalizações, uma de Gabriel.

Melhor foi o Vasco, com gol de falta que não existia em São Januário desde 2017. Mas a melhor explicação vem de Felipão, ao dizer que não está preocupado e que mudará a equipe outra vez no final de semana, contra o São Caetano, no ABC. A pré-temporada ainda está na metade. Por mais que possa haver medo, em alguns casos até de ficar fora das finais, o receio maior é gastar o time antes da hora.

Campeão antes de abril, só a Beija-Flor ou a Portela, no Carnaval do Rio de Janeiro.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC