Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Real Madrid vence clássico espanhol com jeito argentino

PVC

2009-02-20T19:15:15

09/02/2019 15h15

Pela segunda vez na história, o derby de Madri foi disputado por Atletico e Real Madrid dirigidos por técnicos estrangeiros da mesma nacionalidade. Simeone, pelos colchoneros, Solari, pelos merengues, repetiram o que houve com Alfio Basile, pelo Atlético, e Jorge Valdano, pelo Real, em 1995. Todos argentinos, como River Plate e Boca Juniors, que levaram para a capital espanhola a decisão da Libertadores, dois meses atrás.

Pois com dois treinadores argentinos, o clássico madrilenho teve jeito de competição sul-americana. Foi mais brigado do que o normal, paralisado por seqüências de faltas e por dez cartões, nove amarelos e o velho de Thomas Partey.

Teve também bom futebol. O Atlético pressionou a saída de bola do Real Madrid pelos primeiros quinze minutos de arrastões para retirar a chance de passe para Sergio Ramos e Casemiro. Incrivelmente, o Real saiu da pressão e conseguiu um gol de escanteio. Quatro defensores do Atletico, Godin, Gimenez, Thomas e Morata, subiram com Sergio Ramos e deixaram Casemiro livre, frente a frente com Oblak: 1 x 0.

O Real Madrid, então, passou a trocar passes. Modric foi o recordista de toques, 91% deles certos. Quando estava melhor, o Real foi surpreendido por uma bola perdida por Vinicius Junior, que recebeu falta de Correa. O lançamento deixou Griezmann frente a frente com Courtois: 1 x 1.

Vinicius Junior se abateu, mas recuperou-se aos 40 da primeira etapa, com drible e velocidade contra Gimenez. O uruguaio cometeu pênalti, convertido por Sergio Ramos.

Com o segundo tempo catimbado, brigado e paralisado pelos cartões, o Real Madrid queria um contra-ataque. Apareceu aos 28 minutos, passe preciso de Modric, finalização de Gareth Bale, que havia entrado no lugar de Vinicius Junior.

"Foi uma partida estranha", disse Godin. Sobre a seqüência de faltas e também de lances analisados pelo VAR. O gol mal validado do Atletico de Madrid, outro invalidado corretamente de Morata, o pênalti bem marcado depois de ser reavaliado pelo vídeo.

Destaque do jogo foi Casemiro, recordista de desarmes.

Modric, Sergio Ramos e Vinicius Junior também tiveram ótimas atuações. Há cinco clássicos, o Real Madrid não vencia o Atlético.

ATLÉTICO DE MADRID 1 x 2 REAL MADRID – 13h15, 16h15
Local: Wanda Metropolitano (Madri); Juiz: Javier Estrada (Espanha); Gols: Casemiro 15, Griezmann 24, Sergio Ramos (pênalti) 42 do 1o; Bale 28 do 2o; Cartão amarelo: Lucas Vásquez, Griezmann, Gimenez, Lucas Hernández, Thomas Partey, Modric, Reguillón, Morata, Saúl; Expulsão: Thomas Partey 35 do 2o
ATLÉTICO DE MADRID (4-4-2): 13. Oblak (5,5), 4. Arias (4), 24. Gimenez (5,5), 2. Godín (6) e 21. Lucas Hernández (5,5); Correa (6) (14. Rodri 19 do 2o (5)), 8. Saúl (5,5), 5. Thomas Partey (6) e 1. Lemar (5) (23. Vitolo 14 do 2o (5)); 22. Morata (4,5) (9. Kalinic 25 do 2o (5)) e 7. Griezmann (6,5). Técnico: Diego Simeone (5,5)
REAL MADRID: 25. Courtois (6,5), 2. Carvajal (5,5), 5. Varane (6), 4. Sergio Ramos (7.5) e 23. Reguillón (5); 14. Casemiro (7,5), 8. Kroos (6,5) e 10. Modric (7,5); 17. Lucas Vásquez (5,5), 9. Benzema (6) e 28. Vinicius Junior (7) (11. Bale 11 do 2o (7)). Técnico: Santiago Solari

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC