Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

A cúpula do futebol discute o futuro da Champions League

PVC

2006-05-20T19:10:28

06/05/2019 10h28

Mais de 200 clubes europeus estão representados em Madri nesta semana, discutindo o futuro das competições europeias de clubes. Também dirigentes da Uefa e da ECA, a Associação de Clubes Europeus.

O presidente do Barcelona, Josep Bartomeu, já declarou ao jornal britânico, The Guardian, que não será uma revolução, mas uma evolução. Sua declaração vai de encontro com as informações sobre o que pode acontecer. Fala-se em três torneios de 32 clubes cada um. O terceiro não reviveria a velha Recopa, o torneio dos campeões de copas, abandonado pela Uefa em 1999. Tem o nome provisório de Europa League 2.

A Champions League teria 32 clubes definidos previamente, com acesso e descenso, sem as classificações de acordo com os índices de cada federação nacional. Os jogos aconteceriam no final de semana e, em vez das treze datas atuais para se conhecer o campeão, poderia haver até 21 partidas para o vencedor.

Os 32 clubes da Champions seriam divididos em quatro grupos de oito. Ou seja, apenas na fase de grupos, cada time faria 14 partidas, ida e volta. Cada chave levaria quatro clubes para as oitavas-de-final e o torneio seguiria com mata-mata até a decisão em campo neutro. No total, 21 partidas para ser campeão.

Claro que isso tem impacto nas federações nacionais, que lutarão politicamente para dificultar todas estas mudanças, que fariam os campeonatos nacionais acontecerem nos finais de semana.

A previsão da mudança, se for aprovada, é a partir de 2024. Não é para já, mas tudo isto colocado seria, sim, a revolução que Bartomeu descarta.

A reunião decisiva está agendada para quarta-feira. Mas os dirigentes de clubes e federações já estão em Madri, alinhando suas alianças para a transformação da Champions League.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC