Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Queda de Abel mostra Flamengo refém de seu próprio sucesso

PVC

2029-05-20T19:14:53

29/05/2019 14h53

Um velho amigo rubro-negro costumava dizer, no meio dos anos 1990, que o Flamengo era refém do sucesso dos campeões mundiais de 1981. Por muito tempo, a imprensa e a torcida só aceitavam ver times do Flamengo especiais. Mas o clube não tinha condição, àquela época, de formar equipes assim. Nunca o Rubro-negro será uma equipe defensiva. Abel queria um time de menos toques laterais, mas sempre com controle da bola no campo de ataque. A média de posse no ano é de 53%. Sua média de aproveitamento de 67%, o segundo melhor depois da posse de Eduardo Bandeira, ou seja, desde que o Flamengo voltou a ter condições de competir.

Ocorre que o Flamengo parece refém de seu próprio sucesso depois de sua grande reforma. Diminuir a dívida pela metade e ter poder aquisitivo para comprar jogadores fez muitos torcedores julgarem que é preciso vencer todos os jogos e sempre com brilho. Essa precisa ser a meta, mas com serenidade para alcançar objetivos, dando passo após passo, corrigindo decisões sem gerar crises.

O limite da pressão tem de ser a razão.

Quando uma diretoria pressionada deixa vazar que o técnico será obrigado a escalar os titulares no jogo de sábado contra o Fortaleza e nenhum dirigente se manifesta para afirmar publicamente que o treinador terá a decisão enquanto estiver no cargo, a situação revela que os pressionados perderam a capacidade de tomar decisões sem dar satisfações aos críticos.

Atrapalha.

O Flamengo tem de projetar um time que seja hegemônico, que trate bem a bola, jogue no ataque e bonito. Mas isso só vai acontecer em um ambiente de serenidade. Foi o que mais faltou nestes primeiros cinco meses do ano.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC