Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Tite exagerou na cartilha

PVC

2007-06-20T19:17:20

07/06/2019 17h20

Seleção é continuidade. Não é momento.

Você pode já ter lido este colunista repetir este mantra muitas vezes.

Mas é preciso observar situações e ter sensibilidade para entender quando não é hora de seguir a cartilha.

O corte de Neymar indicava a convocação de Vinicius Junior.

Apesar de ainda não ter estreado na seleção brasileira, sua presença devolveria a curiosidade em torno da seleção, a emoção para assistir à Copa América, a vontade de ver o garoto em ação.

Em vez disso, Tite convocou Willian.

Grande jogador, foi o único jogador do Chelsea a disputar todas as partidas da Liga Europa. Foi campeão e líder de assistências do torneio. Mas sua chamada é uma brochada clássica para a torcida, porque significa a manutenção, em vez da ousadia.

Depois da Copa do Mundo, Willian foi convocado três vezes e jogou as três. Contra os Estados Unidos, entrou quando o jogo estava 1 x 0 e o jogo terminou 1 x 0. Contra El Salvador, entrou quando a partida estava 4 x 0 e terminou 5 x 0. Contra Camarões, começou jogando. O Brasil venceu por 1 x 0, gol marcado enquanto estava em campo. Mas não marcou nem deu a assistência. Foi substituído por Douglas Costa.

Em síntese, depois da Copa, pela seleção, Willian não mudou o destino de nenhum jogo.

Antes da Copa, sim. Disputou 24 dos 26 jogos do primeiro ciclo de Tite, marcou dois gols, deu cinco passes para gol, vice-líder, atrás apenas de Neymar.

O problema da convocação de Willian não é Willian. É Tite seguir a cartilha ao pé da letra e perder a chance de trazer a torcida para mais perto da seleção.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC