PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Luiz Adriano foi pedido de Felipão e é bom centroavante

PVC

30/07/2019 13h24

Luiz Adriano marcou apenas seis gols em 22 partidas da temporada russa.

A justificativa é: o Spartak está muito fraco. Décimo colocado no Campeonato Russo.

Luiz Adriano queria voltar ao Brasil para jogar e fazer gols.

Para isso, abriu mão de salário. Não mora na faixa de Dudu e Lucas Lima.

O Palmeiras precisava de um centroavante e contratou um com experiência. Campeão mundial pelo Internacional, em 2006, jogou 33 partidas pelo Milan e fez 4 gols, disputou e ganhou a Copa da Uefa, em 2009.

O único detalhe é o contrato de quatro anos.

Mas assinar por menos tempo é pedir para a contratação fracassar. Se der certo, vai embora antes da hora.

O melhor elenco do Brasil não tem um centroavante confiável. O artilheiro do time no ano é Scarpa. Se joga Borja, a torcida prefere Deyverson, se joga Deyverson, a torcida prefere outro.

Esse outro chegou. Chama-se Luiz Adriano.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC