Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Cássio decidiu Dérbi da igualdade

PVC

04/08/2019 20h18

A defesa de Cássio na última jogada da partida, cruzamento de Dudu para cabeceio de Deyverson, desempatou a disputa pelo prêmio de melhor jogador da partida. Suas três defesas difíceis dão a impressão de que isso definiu completamente o Dérbi, mas não foi bem assim. Raras vezes se viu um clássico tão igual. Foram 51% de posse de bola para o Palmeiras, 49% para o Corinthians, sete finalizações certas do Corinthians, seis do Palmeiras, o primeiro tempo corintiano, o segundo palmeirense.

A dificuldade do Palmeiras manter a bola sob controle de seu meio-de-campo demonstra, por outro lado, que a evolução do trabalho de Fábio Carille foi mais flagrante no período da Copa América. O Corinthians não perdeu nenhuma vez depois da estreia de Gil. Depois de dez minutos de predomínio alviverde e grande defesa de Cássio em chute de Willian, o Corinthians fez 1 x 0 em cobrança de falta de Sornoza, falha de Diogo Barbosa, cabeçada de Manoel.

A partir daí, a primeira etapa mostrou o Corinthians amassando o Palmeiras. Nos dez minutos finais, o time de Felipão não conseguia sair do campo de defesa. Wéverton realizou seis defesas, uma dificílima.

Parecia começar igual a segunda etapa, até o primeiro contra-ataque palmeirense que resultou em falta sobre Dudu. A defesa afastou para a ponta esquerda e, de lá, Deyverson cruzou para Felipe Melo empatar o jogo.

O Palmeiras finalizou menos, mas teve mesmo chances concretas de ganhar a partida. Um contra-ataque puxado por Dudu que errou o passe que poderia deixar Zé Rafael frente a frente com Cássio, outro contra-golpe em que Zé Rafael chutou na trave (já estava impedido), a cabeçada de Deyverson no último minuto.

Ninguém perdeu demais. O Palmeiras fica quatro pontos atrás do Santos. O Corinthians não entrará no grupo dos quatro melhores do campeonato, se vencer o Goiás, mas evidencia sua evolução a cada partida.

O empate na estatística permanece. São 127 vitórias para cada lado.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC