Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Landim: "Dívida vai crescer em 2019 e voltar a cair no ano que vem"

PVC

06/08/2019 05h20

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, afirmou que a dívida do Flamengo crescerá neste ano de 2019, em função dos altos investimentos em contratações. Desde janeiro, chegaram à Gávea os atacantes Gabriel e Bruno Henrique, os meias De Arrascaeta e Gérson, os zagueiros Rodrigo Caio e Pablo Marí, os laterais Rafinha e Filipe Luís. O meia uruguaio representou a transferência mais cara da história do futebol brasileiro e Gérson é o terceiro da lista, atrás do corintiano Tévez, contratado em 2004. Rodrigo Caio foi o zagueiro mais caro já comprado por um clube brasileiro, cifra depois superada pela de Vítor Hugo, no retorno ao Palmeiras.

Apesar de afirmar que haverá crescimento da dívida, Landim disse que isso faz parte de uma estratégia de investimento para a formação de um elenco sólido para os próximos anos. Com a manutenção desse novo time, a dívida voltará a cair em 2020. "Nós temos tudo planejado. A dívida vai crescer neste ano de 2019 e voltar a cair em 2020", declarou Landim. Segundo ele, a dívida fiscal, financiada pelo Profut, é de R$ 308 milhões.

É claro que para manter este planejamento, o Flamengo precisará resistir a pressões por demissões de treinadores e novas contratações de jogadores, comuns ao clube nos últimos anos, nos momentos de resultados negativos. Houve 14 técnicos nos seis anos de gestão Eduardo Bandeira de Mello. Jorge Jesus é o segundo em sete meses com Rodolfo Landim na presidência.

A entrevista foi concedida ao programa Jogo Sagrado, do FOX Sports, na noite de segunda-feira (5). Na mesma conversa, Landim admitiu ter havido um contato do Flamengo com o atacante Mario Balotelli, 28 anos, atualmente sem clube. Sua avaliação, no entanto, é a de que houve apenas uma conversa preliminar, para saber se o atacante teria interesse em jogar no Brasil. A resposta foi afirmativa. Segundo o presidente rubro-negro, o Centro de Inteligência de Mercado (CIM) montado pelo clube, tem uma lista de jogadores e treinadores que podem interessar no futuro.

Assim foi também feito com Jorge Jesus. Landim admite que o Flamengo conversou com Jorge Jesus antes da saída de Abel Braga do comando rubro-negro. Ao pedir demissão, em maio, Abel disse ter se aborrecido ao saber que a diretoria já tinha conversado com o treinador português. "O departamento de futebol conversou com ele, mas não só com ele. Com técnicos europeus e brasileiros também. Vamos sempre conversar com quem está no mercado. Pessoalmente, eu nem sabia quem era o Jorge Jesus."

Abel Braga pediu demissão no dia 29 de maio. Jorge Jesus foi contratado em Madri três dias depois, em 1 de junho. Na época, Landim disse que o Flamengo não contrataria ninguém antes que ele próprio entrevistasse o treinador pretendido. Sua primeira conversa pessoal com o técnico português só aconteceu na manhã de 1 de junho, data da final da Champions League, na Espanha.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC