PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Campeonato Inglês começa com Manchester City favorito ao tri

PVC

09/08/2019 15h02

Não há pista de quem possa ser o candidato a impedir o tricampeonato do Manchester City e de Josep Guardiola no Campeonato Inglês que tem início marcado para esta sexta-feira (9). Os citizens foram os que mais gastaram em contratações. São discutíveis os altos valores pagos por Rodri, do Atlético de Madrid (62 milhões de libras) e João Cancelo, da Juventus (60 milhões de libras, incluindo a liberação do brasileiro Danilo). Mas foi o clube que mais gastou e manteve a base do bicampeonato de 2018 e 2019.

O Liverpool também se mantém, mas os resultados da pré-temporada não animam. Nem sempre são indícios diretos do que acontecerá quando a bola rolar a sério, mas os comandados de Jurgen Klopp venceram apenas três de sete amistosos preparatórios, contra Tranmere Rovers, Bradford e Lyon. Perderam para o Borussia Dortmund, o Sevilla e o Napoli, empataram com o Sporting, de Lisboa. Antes de entrar na temporada 2018/19, em que conquistou a Champions League e tornou-se o primeiro vice-campeão inglês com mais de 90 pontos, o Liverpool ganhou cinco vezes e empatou uma em sua preparação, um ano atrás.

Klopp continua sendo o anti-Guardiola, posto herdado depois do declínio de José Mourinho. Por isso, o Liverpool pode ser o anti-Manchester City. Mas é bom prestar atenção ao Tottenham, de três vitórias e duas derrotas na pré-temporada, que gastou 55 milhões de libras para tirar o meia Ndombele do Lyon, da França. Também ao Arsenal, o segundo com mais gastos no mercado, 135 milhões de libras para ter Pepé, ex-Lille, Tierney, ex-Celtic, David Luiz, ex-Chelsea. Olho no menino atacante Martinelli, brasileiro revelação do Campeonato Paulista pelo Ituano. Começou bem na Inglaterra.

Abaixo, quem gastou quanto e os números da pré-temporada dos seis candidatos ao título. Os seis candidatos ao título aparecem na ordem da classificação da temporada passada:

MANCHESTER CITY – 142 milhões de libras (227 milhões de euros) – 3 vitórias e 1 empate na pré-temporada

LIVERPOOL – 1,9 milhão de libras (2 milhões de euros) – 3 vitórias, 3 empates e 1 derrota na pré-temporada

CHELSEA – 40 milhões de libras (64 milhões de euros) – 4 vitórias, 2 empates e 1 derrota na pré-temporada

TOTTENHAM – 90 milhões de libras (144 milhões de euros) – 3 vitórias, o empate e 2 derrotas na pré-temporada

ARSENAL – 135 milhões de libras (216 milhões de euros) – 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas na pré-temporada

MANCHESTER UNITED – 130 milhões de libras (208 milhões de euros) – 5 vitórias, 1 empate e 0 derrota

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC