Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Palmeiras nem era campeão antes nem perdeu o campeonato agora

PVC

17/08/2019 23h43

Analista serve para analisar. Não é para xingar nem para exagerar. Como médicos e engenheiros, também podemos errar. Mas é sempre melhor quando se faz isto com serenidade.

Por que, muitas vezes, os exageros tornam-se ridículos muito rapidamente. Na nona rodada, dizia-se que o Palmeiras já era campeão. Na décima-quinta, há quem garanta que agora não ganha mais.

Nem uma coisa, nem outra. O Palmeiras teve boa atuação contra o Grêmio, em Porto Alegre. Mesmo se defendendo e tentando vencer no contra-ataque, o que acontece com freqüente exagero no time de Felipão. Mas finalizou sete vezes contra o gol de Júlio César. Dudu chutou três vezes no alvo. O Grêmio, inteiro, chutou as mesmas três.

De tanto permitir que o Grêmio morasse no ataque, o Palmeiras correu o risco de uma bola vadia. Reclama que o bandeirinha deu o arremesso lateral para o lado errado. Que a bola era do Palmeiras e foi do Grêmio. Lembre-se de que o árbitro de vídeo não deve se preocupar com esse tipo de jogada. Serve para quatro situações: gol, cartão vermelho, pênalti e identificação de jogadores.

A cobrança do arremesso lateral chegou a Luciano e dele até David Braz. O chute do Braz poderia ter ido parar na Penha e, se você não entendeu a metáfora paulistana, significa que a bola podia ter ido parar na lua. Mas entrou no ângulo de Wéverton.

Pelo volume de jogo, o Grêmio mereceu o empate.

Acontece que o Palmeiras não vence há seis partidas e o Grêmio não ganha há cinco, no Brasileirão. O Palmeiras não venceu depois da Copa América, exceto contra Godoy Cruz e Internacional, Libertadores e Copa do Brasil. E o Grêmio só ganhou do Vasco, pelo campeonato nacional. Os dois se enfrentam na partida que ninguém pode perder, terça-feira, na Arena.

No ano passado, o Palmeiras estava em sétimo lugar na 15a rodada e o Grêmio estava em quarto. Foi quando a direção palmeirense demitiu Roger Machado e contratou Felipão.

Por que mesmo a gente acha que as posições são fixas numa tabela de classificação?

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC