Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Palmeiras faz proposta por Mano Menezes

PVC

02/09/2019 19h45

(Crédito: Bruno Haddad/Cruzeiro)

(Crédito: Bruno Haddad/Cruzeiro)

O Palmeiras fez proposta oficial a Mano Menezes depois de anunciar a demissão de Felipão. O técnico responderá na terça-feira. Mano não costuma aceitar convites para dirigir clubes no meio da temporada. O Palmeiras pode ser diferente pela condição de trabalho. Depois de sair do Cruzeiro, Mano Menezes recebeu um convite do Al Ahli. Preferiu não aceitar.

A demissão de Felipão não surpreende pelas circunstâncias, mas demorou para ser amadurecida pelo clube. Até o início da tarde, a informação dentro do clube era de que, como tendência, Felipão poderia permanecer. Não se confirmou.

Numa mesa de conselheiros do Palmeiras, quinta-feira passada, dentro do clube, a repercussão da eliminação da Libertadores batia mais em Alexandre Mattos do que em Felipão. Dizia um dos conselheiros: "Felipão fica até o fim do ano". Mas a pressão pela contratação de reforços deste ano, sem que nenhum seja titular, batia forte no diretor executivo. Foi justamente o diretor quem demitiu Felipão no início da noite desta segunda-feira (2).

Alexandre Matos ainda é questionado. Não, não é hora de mudar o dirigente, que ajudou o clube a voltar a ser vencedor.

Sempre que há uma troca de treinador é porque o trabalho se esgotou. Não é preciso perguntar por que Felipão caiu. A saída é auto-explicativa num país que troca 29 nomes em 38 rodadas. Este foi o índice de 2018, quando, depois de nove temporadas, o campeão foi um time que trocou de técnico durante a campanha.

De 16 Brasileiros por pontos corridos, só quatro foram vencidos por times que mudaram de treinador: Santos (2004), Corinthians (2005), Flamengo (2009), Palmeiras (2018). Das 28 trocas do ano passado, só uma levou ao título.

Mesmo assim, o velho vício é achar que dá certo. Porque o Flamengo lidera e a mudança funcionou com Jorge Jesus, mesmo que o co-líder, Santos, mantenha seu treinador desde o início do ano.

A pergunta não é quem será o próximo técnico. É de que maneira o Palmeiras pretende jogar nos próximos anos. Daí deveria vir a resposta para o nome do novo treinador.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC