Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Depois da sexta derrota seguida, duas decisões para o Atlético

PVC

23/09/2019 22h56

O primeiro tempo pífio do Atlético, como definiu o técnico Rodrigo Santana, conclui um período de seis semanas em que o clube caiu da quarta para a décima colocação e saiu do sonho do título da Copa Sul-americana para o pesadelo da eliminação possível contra o Colón.

A sexta derrota foi repleta de reservas, mas o acúmulo de derrotas aconteceu com titulares de um elenco que não é barato.

Jogadores em que o Galo apostou não merecem confiança, porque não respondem quando mais deles se espera. Especialmente Cazares. Vai cair na conta de Rodrigo Santana a eventual eliminação na quinta, se não houver vitória no Mineirão. Mas não só dele.

O Atlético tenta construir um novo caminho. Reformula as divisões de base com a chegada de Júnior Chávare, que começou o processo no Grêmio em 2013, olhou para o mercado dos técnicos com a atenção devida, a ponto de ter sido o primeiro a convidar Jorge Jesus e a tentar contratar Rogério Ceni, antes do Cruzeiro.

O Atlético aponta na direção de um plano de médio prazo para ganhar títulos e formar jogadores bons e confiáveis.

Só que ainda depende de quem tem pouco a oferecer. Cazares não responde quando precisa, Geuvânio não se paga, Elias não convence, Ricardo Oliveira não faz gol e teve problemas particulares na semifinal da Copa Sul-Americana.

Não é justo dizer que se precisa de casca e apontar para a falta de experiência do treinador, porque são os cascudos jogadores os que menos têm conseguido solucionar.

Mesmo assim, está claro que vai cair na conta de sempre o prejuízo de uma eventual eliminação. Mesmo que Rodrigo Santana pague o preço, pode apostar que vai sobrar para mais gente, que terá de procurar clube no ano que vem.

O Atlético vai mudar. Com ou sem a vaga na final da Copa Sul-americana.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC