Topo

Histórico

Categorias

Data Fifa tira 29 jogadores do Brasileirão

PVC

08/10/2019 14h24

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A seleção brasileira tem oito convocados de clubes brasileiros, o que não acontecia desde novembro de 2015, jogos contra Argentina e Peru pelas eliminatórias. A exceção foi o amistoso contra a Colômbia, homenagem às vítimas do acidente aéreo da Chapecoense, que teve apenas convocados do Brasil, em janeiro de 2017.

A estes oito chamados por Tite, somam-se dez convocados para a seleção olímpica. Mas um deles joga a Série B: Ivan, da Ponte Preta. Então, são nove desfalques da rodada do Brasileirão provocados pela Data Fifa. Ainda tem Marcos Paulo, do Fluminense, na seleção sub-19 de Portugal.

É data reservada para as seleções nacionais, afinal…

Além disso, onze chamados por seis seleções sul-americanas. Só Chile, Bolívia e Uruguai, por causa da lesão de De Arrascaeta, não terão jogadores do Campeonato Brasileiro.

Na prática, são dois times e meio ausentes, 29 jogadores que desfalcam seus times nas rodadas 24 e 25 do Brasileirão, neste meio de semana e no próximo final de semana. Há o caso de Porozo, zagueiro do Santos, que não é usado por Jorge Sampaoli. Mas sai do elenco santista neste período, por isso está na conta.

Vale sempre a lembrança de que as Datas Fifa foram criadas depois das eliminatórias da Copa do Mundo de 1994, período em que o Barcelona e o La Coruña jogaram desfalcados de Romário, Bebeto e Mauro Silva. Nunca mais houve desfalque em campeonato nacional da Europa causado por convocações de seleções nacionais.

Quando seleção joga, o clube não entra em campo. E vice-versa.

A solução é tão óbvia, quanto antiga. Aqui, o técnico da seleção apanha quando convoca e quando não convoca. A torcida gosta da ideia de ter seu jogador convocado, até que ele finalmente é chamado e vira desfalque em rodada de Brasileirão.

Abaixo, a lista dos 29 desfalques:

ARGENITNA – Kannemann (Grêmio)

BRASIL – Wéverton (Palmeiras), Santos (Athletico Paranaense), Daniel Alves (São Paulo), Rodrigo Caio (Flamengo), Gabriel (Flamengo), Éverton (Grêmio), Matheus Henrique (Grêmio), Marcinho (Botafogo)

BRASIL SUB-23 – Cleiton (Atlético Mineiro), Guga (Atlético Mineiro), Bruno Fuchs (Internacional), Caio Henrique (Fluminense), Allan (Fluminense), Felipe Jonathan (Santos), Bruno Guimarães (Athletico Paranaense), Antony (São Paulo), Pedrinho (Corinthians)

COLÔMBIA – Orejuela (Cruzeiro)

EQUADOR – Sornoza (Corinthians), Porozo (Santos)

PARAGUAI – Gatito Fernandez (Botafogo), Gustavo Gómez (Palmeiras), Derlis González (Santos)

PORTUGAL SUB-19 – Marcos Paulo (Fluminense)

PERU – Guerrero (Internacional), Cueva (Santos)

VENEZUELA – Otero (Atlético Mineiro), Soteldo (Santos)

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC