Mais informação com menos tempo de leitura
Topo
Blog do PVC

Blog do PVC

Categorias

Histórico

Vitinho brilha no maior espetáculo do Brasil

PVC

10/10/2019 21h13

O show de luzes nas arquibancadas lotadas depois do terceiro gol do Flamengo confirmam que o Maracanã é hoje o maior espetáculo do Brasil. Não parece haver divisão num país que agora se veste de rubro-negro e num palco que, para muitos, não tinha mais alma. O Flamengo convida a visitar o Maracanã. Foi preciso paciência para o time de Jorge Jesus abrir o marcador, com William Arão, aos 37 minutos do primeiro tempo.

O Atlético repetiu o sistema tático 5-4-1, que se transforma em 3-4-3 quando vai ao ataque. No primeiro tempo, quase nunca. Mestre neste sistema, Antonio Conte fez com que Juventus e Chelsea ganhassem campeonatos nacionais da Itália e Inglaterra, mas com muito mais mobilidade do que o Atlético. Transição rápida para atacar é fundamental para dar certo. Ou a equipe chama a adversária para seu campo e insiste em sofrer o gol.

Foi assim contra o Flamengo, que joga em 5G, no Brasileirão em que a velocidade ainda é 3G.

O rubro-negro amassa na saída de bola, com a subida incansável dos três meias, dos dois atacantes e dos laterais, para dificultar a saída de bola.

Verdade que o Atlético deu susto no início da segunda etapa, quando Rodrigo Santana trocou Ricardo Oliveira por Marquinhos e adiantou Cazares para jogar como centroavante. A bola parou um pouco mais na frente e Nathan fez uma obra prima no gol de empate.

Imediatamente, a torcida rubro-negra levantou-se, como se tivesse visto seu time fazer o gol — e não sofrer.

Contestado, Vitinho já tinha oferecido o passe para William Arão marcar o primeiro, em cobrança de escanteio. Então, inventou um gol num chute do bico da grande área, quando o Atlético mais acreditava que poderia incomodar. Com seu nome aplaudido por todo o Maracanã, Vitinho foi substituído depois do terceiro gol, de Reinier. Recebeu como prêmio os braços de Jorge Jesus estendidos para o abraço e o canto agradecido da arquibancada do Maracanã.

O Flamengo abre oito pontos e aponta em direção ao sétimo título brasileiro. Já houve duas viradas deste tamanho. O que torna improvável a terceira reviravolta é a qualidade do futebol rubro-negro.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é colunista da Folha de S. Paulo, comentarista da Fox e blogueiro do UOL. Jornalista desde os 18 anos, descobriu ao completar 36 que já tinha mais tempo de jornalismo do que de sonho. Ou seja, mais anos no exercício da profissão do que tinha de idade quando publicou sua primeira matéria. Trabalhou na revista Placar, diário Lance!, ESPN Brasil, cobriu as Copas de 1994, 1998, 2006, 2010 e 2014, esteve em sete finais de Champions League.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Mais Blog do PVC