Topo

Histórico

Categorias

Com VAR ou sem VAR está dando quase no mesmo

PVC

02/11/2019 23h20

Termino de escrever o texto sobre Palmeiras 1 x 0 Ceará e, como sempre, a análise é do jogo.

Porque arbitragem aqui neste espaço se discute, mas quase nunca é o xis da questão.

Também porque a transmissão do SporTV terminou com o comentarista de arbitragem dizendo que a imagem do VAR indicava que o impedimento tinha sido bem marcado.

Mas não tinha.

Não há nenhum indício de impedimento no gol do Ceará, gol legal, mal anulado. A única contra-indicação é a lembrança de que Leonardo Gaciba garante que o impedimento acabou. Que o software é infalível. Portanto, quando aparecem as linhas azul e vermelha é impedimento.

Só que não. Ninguém mais acredita nisso.

Na hora do passe tudo indica, a condição era legal e o gol de empate deveria ter sido validado.

Daí a determinar que há um complô vai uma distância de… quatro anos talvez.

Desde quando Levir Culpi gritava que o Campeonato Brasileiro estava manchado, porque o Corinthians teve gol validado contra o Fluminense. Ou quando o gol de Jô, com a mão, foi validado contra o Vasco.

O problema hoje é a polarização Flamengo x Palmeiras, que parece Real Madrid x Barcelona dos mais sanguíneos tempos. Manchester United x Arsenal…

Muitas vezes a polarização faz bem a um campeonato.

Mas o descrédito nunca faz bem.

E por que não acreditamos no Campeonato? Por que julgamos que os erros de arbitragem são para ajudar o Palmeiras? Ou para prejudicar o Flamengo? Ou eram para ajudar o Corinthians?

O Palmeiras ganhou do Ceará com um erro de arbitragem, num lance de impedimento — na minha opinião. Pode ser que a CBF mostre na segunda-feira outra realidade, mas a atual é esta.

É mais um erro de arbitragem que demonstra apenas que o VAR não está cumprindo sua função.

Enquanto o VAR aumentar a polêmica, em vez de diminuir, não servirá para nada.

Tem gente falando em Fla-Press x Imprensa palmeirense. O que precisa existir e ainda existe é imprensa brasileira. Que trabalha, acerta e erra, mas informa e analisa sempre com a tentativa de acertar.

No dia em que eu julgar que há um complô para um time ganhar o campeonato, pode apostar que você vai ler este post num portal europeu.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC