Topo

Histórico

Categorias

Bruno Henrique desafoga e Flamengo só precisa marcar a data

PVC

10/11/2019 19h50

No aperto contra o Botafogo, a jogada do gol, arrancada perfeita, foi de Bruno Henrique, que cruzou para Lincoln marcar. Na partida difícil contra o Bahia, empate persistente por 1 x 1 e necessidade da primeira virada do Flamengo de Jorge Jesus, no Maracanã, Bruno Henrique aproveitou o toque de Gabriel no meio da grande área e colocou por cima do goleiro Douglas.

O gol do desafogo foi de Bruno Henrique.

Mas desta vez a atuação foi de Gabigol, como não era desde a suspensão contra o Goiás. Deu dois passes para gols e anotou o gol no rebote da linda falta cobrada por William Arão.

O Bahia jogou bem. Sofreu, porque todo mundo sofre contra o Flamengo. É muito difícil jogar contra o melhor time do Brasil hoje. O Flamengo não para, insiste, martela, finaliza.

Impressiona a capacidade de não parar de sufocar o adversário.

Quem assiste ao jogo sabe que o gol do Flamengo vai sair. Só não sabe com quantos minutos.

O Brasil sabe que o Flamengo será campeão. Só falta saber a data.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC