Topo

Histórico

Categorias

Estádio mexicano, esporte americano, gramado brasileiro...

PVC

18/11/2019 20h54

O estádio Azteca sediou duas finais de Copa do Mundo, mas terminou a temporada com críticas pesadas ao estado do gramado.

Para a montagem do gramado do jogo desta segunda-feira (18), pela NFL, entre Kansas City Chiefs e Los Angeles Chargers, a empresa contratada como consultora para solucionar o problema foi uma brasileira: World Sports.

Curioso que num momento em que clubes brasileiros, como o Palmeiras, estudam a introdução de gramado artificial, o que não é exatamente um problema, no México, para um jogo da NFL, a empresa contratada para montar o gramado natural tenha sido brasileira.

O estádio Azteca foi palco das finais das Copas do Mundo de 1970 e 1986.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC