PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Informações e palpites. As oitavas-de-final da Champions

PVC

16/12/2019 10h01

Pep Guardiola transformou o futebol europeu com seu futebol de pressão e posse de bola, de rotação constante e reação imediata à perda do controle do jogo. Mas Zinedine Zidane desafiou esse efeito transformador ao ganhar três Champions Leagues consecutivas, o único na história a alcançar esse feito. Só o inglês Bob Paisley (1977, 1978 e 1981) e o italiano Carlo Ancelotti (2003, 2007 e 2014) também conquistaram a principal competição de clubes do planeta três vezes, mas não seguidas como Zidane.

Pois Zidane e Guardiola vão se encontrar no duelo mais traiçoeiro da Champions League, nas oitavas-de-final.

O sorteio das chaves colocou frente a frente Manchester City x Real Madrid.

Se haverá Zidane x Guardiola, De Bruyne x Tony Kroos, Rodrygo x Foden, por outro lado haverá Atalanta x Valencia, o menos aguardado dos duelos.

É a primeira vez que as oitavas-de-final têm apenas as cinco grandes ligas representadas.

Abaixo, os duelos:

REAL MADRID x MANCHESTER CITY

Primeiro jogo em Madri, porque o Real foi o segundo colocado de sua chave, atrás do Paris Saint-Germain. O time de Zidane tem a segunda colocação da Espanha e a defesa menos vazada. O Manchester City não é mais o melhor time do mundo, segundo Guardiola disse no domingo ao Esporte Interativo. Este posto é do Liverpool, em sua opinião. Mas o ataque mais positivo da Premier League. Aos poucos, o Real Madrid se acerta, mas não tanto quanto o City mostrou nos 3 x 0 sobre o Arsenal.

RETROSPECTO – Houve quatro partidas na história e o City jamais venceu o Real Madrid. São duas vitórias merengues e dois empates. Em 2016, o confronto foi semifinal da Champions League.

PALPITE – Manchester City

BORUSSIA DORTMUND x PARIS SAINT-GERMAIN

Primeiro jogo na Alemanha. Neymar renasceu e o futebol pode mesmo salvá-lo, como aqui se escreveu no ápice da crise. Nos últimos quatro jogos, o craque brasileiro deu cinco assistências e marcou três gols. O Borussia Dortmund é extremamente irregular na temporada. Mistura atuações memoráveis com desastrosas, como a derrota por goleada por 4 x 0 para o Bayern. Também pode perder Jadon Sancho na janela de transferências. Tudo isso e mais Mbappé. O PSG é favorito.

RETROSPECTO – Houve dois jogos oficiais apenas, na história. Dois empates pela Europa League, na temporada 2010/11.

PALPITE – Paris Saint-Germain

ATALANTA x VALENCIA

Primeiro jogo em Bérgamo. O crescimento da Atalanta é tão real a ponto de se classificar para as oitavas-de-final da Champions logo em sua primeira participação. Mas no Campeonato Italiano, não supera a sexta colocação, abaixo de Cagliari, o quarto, da Roma, em quinto, da Lazio, terceira, e da dupla que luta pelo título, Juventus e Internazionale. O Valencia é apenas o sétimo colocado na Espanha, mas subiu de produção desde a chegada do técnico Albert Celades. É o patinho feio dos duelos das oitavas, mas cheio de equilíbrio.

RETROSPECTO – Nunca houve encontros oficiais.

PALPITE – Valencia

ATLÉTICO DE MADRID x LIVERPOOL

O primeiro jogo será no Wanda Metropolitano, onde o Liverpool se sagrou campeão da Champions League na temporada passada ao vencer o Tottenham. A luta pelo bicampeonato começa no mesmo palco, contra o Atlético que tentou sair de sua zona de conforto, de um time de contra-golpe, para ser mais ofensivo com Renan Lodi e João Félix. Diego Simeone nunca achou o tom certo nesta temporada, É quinto colocado na Espanha. O Liverpool brilha e lidera a Premier League e na Champions, apesar de sofrer em alguns momentos da fase de grupos.

RETROSPECTO – Houve dois encontros de Champions League, na temporada 2008/09, com dois empates. Além disso, dois jogos de Liga Europa, semifinais, com uma vitória do Atlético por 1 x 0 e do Liverpool por 2 x 1. Classificou-se o Atlético.

PALPITE – Liverpool

CHELSEA x BAYERN

A melhor notícia para o Chelsea é poder voltar a contratar, com a queda da punição da Uefa. Isso pode fortalecer o time irregular, dirigido por Frank Lampard. Capaz de se classificar em segundo lugar e eliminar o Ajax, semifinalista da temporada passada, e de perder para o Borunemouth pela Premier League. O Bayern chega credenciado pela melhor campanha da história na fase de grupos, o melhor ataque da Champions e o artilheiro, Lewandowski.

RETROSPECTO – Houve uma vitória do Chelsea, dois empates e uma vitória do Bayern, em quatro jogos O confronto foi final de 2012, com triunfo do Chelsea nos pênaltis.

PALPITE – Bayern

LYON x JUVENTUS

O Lyon trocou de técnico e de qualidade. A saída de Sylvinho, depois de apenas onze jogos, e a chegada de Rudi Garcia, melhoraram a equipe que classificou-se em segundo lugar na chave do Leipzig. Eliminou Benfica e Zenit. Mas é só o oitavo colocado do Campeonato Francês. A Juventus reassumiu a liderança na Itália, mas sonha mesmo com a Champions. Foram duas finais nos últimos cinco anos. Cristiano Ronaldo não vive sua melhor temporada, mas é decisivo. Dybala também.

RETROSPECTO – São três vitórias da Juventus e um empate em quatro jogos.

PALPITE – Juventus

TOTTENHAM x LEIPZIG

Primeira partida em Londres.

Vice-campeão da temporada passada, o Tottenham vai mal na temporada, mas reage depois da chegada de José Mourinho. São cinco vitórias e duas derrotas, em sete jogos, bem abaixo do retrospecto de seus inícios em Porto, Chelsea, Internazionale e Real Madrid, mas dentro da expectativa de uma equipe que necessita de recuperação. O Leipzig assumiu a liderança do Campeonato Alemão no meio de semana e tem Timo Werner em estado de graça. É dirigido pelo ótimo Julian Nagelsmann, apelidado… Mini Mourinho.

RETROSPECTO – Nunca houve o confronto

PALPITE – Tottenham

NAPOLI x BARCELONA

Primeiro jogo em Nápoles.

A troca de Carlo Ancelotti por Gennaro Gattuso não funcionou em seu início. Gattuso lembra a última grande partida de Ronaldinho pelo Barcelona, semifinal da Champions League de 2006, quando Ronaldinho deu um drible desconcertante em Gattuso e lançou lindamente para Giuly marcar 1 x 0 no Milan, em San Siro. O Barcelona anda esquisito, mas Messi destrói. Sem brilho, num 4-4-2 rígido, mas com uma dupla de ataque destruidora.

RETROSPECTO – Barcelona e Napoli nunca se enfrentaram em partidas oficiais.

PALPITE – Barcelona

 

 

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC