PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Goiás exige 7,5 milhões de euros por sua parte de Michael

PVC

07/01/2020 04h47

O Goiás detém 75% do contrato do atacante Michael e precisa repassar outros 5% que pertencem ao Goianésia.

Só por sua parte, o Goiás exige o pagamento de 7,5 milhões de euros, aproximadamente R$ 33 milhões.

Teria também de receber os outros R$ 2,25 milhões, equivalentes aos 5%, para repassar ao Goianésia.

É um dos entraves do negócio para sacramentar a venda de Michael ao Flamengo ou ao Corinthians.

Para o Corinthians, a dificuldade também é o valor, porque Duílio Monteiro Alves já afirmou, na entrevista coletiva de apresentação de Tiago Nunes, que não subirá a oferta de 5 milhões de euros.

O Goiás também não aceita envolver jogadores como parte de pagamento.

Para o Flamengo, o entrave neste momento é a presença do agente Eduardo Maluf, o que não agrada à cúpula do Goiás.

Marcos Braz conversou com a cúpula do time goiano e negocia com Maluf. Sabe, no entanto, que precisará conversar diretamente com os dirigentes do Goiás. O clube esmeraldino não aceita remunerar o agente com parte do que tem a receber.

A negociação pode ser concluída. Mas não é fácil.

 

 

 

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC