PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Evandro Mota diz que sua função não se confundia com a de Pelaipe

PVC

08/01/2020 04h19

Diferentemente do que foi a avaliação de dirigentes do Flamengo, o engenheiro brasileiro Evandro Mota, integrante da comissão técnica de Jorge Jesus, não entende que sua função e a de Paulo Pelaipe se confundiam.

A avaliação de que havia sobre posição de funções chegou a este blog como uma das razões para não renovar o contrato do gerente de futebol.

Na opinião de Evandro Mota, integrante no passado das comissões técnicas de Carlos Alberto Parreira na Copa de 1994 e de Abel Braga no título da Libertadores do Internacional, em 2006, havia perfeito entrosamento entre os três dirigentes do futebol: Marcos Braz, Bruno Spindel e Paulo Pelaipe.

Além do entendimento de que havia duas pessoas para a mesma função, também pesaram para a não renovação do contrato os ruídos sobre o rateio dos prêmios pela Libertadores e Brasileirão.

Sobre o Autor

Paulo Vinicius Coelho é jornalista esportivo, blogueiro do UOL, colunista da Folha de S. Paulo. Cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018) e oito finais de Champions League, in loco. Nasceu em São Paulo, vive no Rio de Janeiro e seu objetivo é olhar para o mundo. Falar de futebol de todos os ângulos: tático, técnico, físico, econômico e político, em qualquer canto do planeta. Especializado em futebol do mundo.

Sobre o Blog

O blog tem por objetivo analisar o futebol brasileiro e internacional em todos os seus aspectos (técnico, tático, político e econômico), sempre na tentativa de oferecer uma visão moderna e notícias em primeira mão.

Blog do PVC