Blog do PVC

Arquivo : botafogo

Atlético sofre com crise dos técnicos, mas pode ter paciência com Larghi
Comentários Comente

PVC

Thiago Larghi tem 37 anos e mais de vinte anos de experiência com futebol. É formado em Educação Física, fez o curso da Uefa e da CBF, participou da comissão técnica do Corinthians, com Oswaldo de Oliveira, começou no Botafogo, como analista de desempenho, função que também exerceu na campanha do título da seleção brasileira na Copa das Confederações, em 2013. Depois de três clubes como assistente de Oswaldo de Oliveira, passou a fazer parte da comissão técnica permanente do Atlético e a chance de assumir interinamente a equipe principal caiu em seu colo.

Não que o Atlético pense agora em efetivá-lo. O Botafogo não pensava assim com Jair Ventura, o Flamengo deixava Zé Ricardo enquanto os resultados permitissem, o Corinthians não pensava em Fábio Carille como treinador, antes da recusa de Reinaldo Rueda, em janeiro de 2017, e depois da passagem sem sucesso de Oswaldo de Oliveira, em 2016.

O Atlético queria Cuca. Este blog deixou claro que Cuca não aceitaria o projeto, ainda na sexta-feira da semana passada.

Em seguida, o Galo consultou Abel Braga e também ficou sabendo que o treinador campeão mundial pelo Internacional não pensava em trocar o Fluminense por Belo Horizonte.

Houve a consulta a Fábio Carille, que tratou como uma simples sondagem. Há informações de que foram empresários os que primeiro ofereceram o nome de Carille ao Atlético.

Qual outro grande treinador pode resolver o problema do Atlético?
Não significa que Thiago Larghi deva ser o técnico efetivo. Mas a providência mais necessária, quando se olha para o mercado de treinadores e não se encontra o nome ideal, é ter paciência.

Na última quarta-feira, este colunista acordou com o comentário em seu WhattsApp de um importante dirigente do futebol do Rio de Janeiro afirmando ter lido a nota deste em que se analisava a chegada de Alberto Valentim ao Botafogo. Ao ler o trecho em que se falava que Alberto joga com zona pura, sem encaixar, e foi indicado por Cuca, o preferido da direção alvinegra, o dirigente observou: “Veja como o clube não tem ideia do que deseja para o seu futebol. Acho Alberto uma ótima escolha, mas Cuca indicou o homem, não o profissional que comunga com suas ideias de jogo. Cuca marca individual.”

De fato. O primeiro ponto para contratar um treinador deveria ser entender como se quer jogar. A escolha do técnico tem de ser parte disso. Não é o técnico quem determina o estilo do Atlético. É o Atlético quem deve jogar de acordo com sua história e escolher o técnico que se enquadre neste perfil.
Verdade que, se há poucos treinadores disponíveis no mercado, menos ainda há os que se encaixam em uma filosofia.

Mas deu certo nos últimos anos a descoberta de que o técnico da casa também pode fazer milagre. Como Fábio Carille.
Larghi não é o técnico dos sonhos e provavelmente só será o treinador até o Atlético ter uma ideia brilhante. Mas o estadual permite a paciência para ver até onde seu trabalho pode levar.


Informações e palpites da rodada no Rio e SP
Comentários Comente

PVC

Estreia de Henrique Dourado pelo Flamengo e o Palmeiras voltando a Mirassol, depois de cinco anos. Mas a rodada fraca acompanha a seção Informações e Palpites, que será mais completa na semana que vem.

CAMPEONATO CARIOCA
FLAMENGO x BOTAFOGO
Sábado, Raulino de Oliveira, 16h30
FLAMENGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – César, Pará, Rhodolfo, Juan e Renê; Cuellar; Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá, Diego e Éverton; Henrique Dourado. Técnico: Paulo César Carpegiani
Últimos cinco jogos – vevvv
BOTAFOGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Jéfferson, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Gílson; Matheus Fernandes; Rodrigo Pimpão, João Paulo, Léo Valencia e Luís Fernando; Brenner. Técnico: Felipe Conceição
Últimos cinco jogos – devve
CURIOSIDADE – Jéfferson completará 443 jogos e se tornará o goleiro com maior número de jogos do Botafogo, superando Manga.
PALPITE – Flamengo

CAMPEONATO PAULISTA
FERROVIÁRIA x SANTOS
Sábado, Fonte Luminosa, 16h30
SANTOS – Problemas – Alisson (terceiro cartão), Copete (terceiro cartão), Victor Ferraz (machucado), Luiz Felipe (machucado), Cléber (machucado), Yuri (machucado), Bruno Henrique (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Vanderlei, Daniel Guedes, David Braz, Robson Bambu e Caju; Matheus Jesus e Renato; Gabriel, Vecchio e Arthur Gomes; Sasha Técnico: Jair Ventura
Últimos cinco jogos – devdv
CURIOSIDADE – Ano passado, a Ferroviária venceu o Santos na Vila Belmiro por 1 x 0.
PALPITE – Santos

MIRASSOL x PALMEIRAS
Sábado, José Campos Maia, 19h
PALMEIRAS – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Jaílson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo; Willian, Lucas Lima, Tchê Tchê e Dudu; Borja. Técnico: Roger Machado
Últimos cinco jogos – vvvvv
CURIOSIDADE – Na última visita do Palmeiras a Mirassol, o time treinado por Gílson Kleina perdeu por 6 x 2, em 2013.
PALPITE – Palmeiras


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>