Blog do PVC

Arquivo : flamengo

Informações e palpites dos jogos de domingo no Rio, Minas e SP
Comentários Comente

PVC

CAMPEONATO CARIOCA
BOAVISTA x FLAMENGO

Domingo, Kléber Andrade (Cariacica), 17h
BOAVISTA – Problemas – Leandrão (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Rafael, Thiaguinho, Gustavo Geladeira, Kadu Fernandes e Júlio César; Douglas Pedroso, William Maranhão; Lucas, Fellype Gabriel e Erick Flores; Cláudio Maradona. Técnico: Eduardo Allax
Últimos cinco jogos – evdvd
FLAMENGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – César, Pará, Réver, Juan e Renê; Cuellar; Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá, Diego e Éverton; Henrique Dourado. Técnico: Paulo César Carpegiani
Últimos cinco jogos – vvevv
CURIOSIDADE – Como técnico do Flamengo, Paulo César Carpegiani ganhou a Taça Guanabara de 1981 e 1982 e foi derrotado na decisão de 2000.
PALPITE – Flamengo

CAMPEONATO PAULISTA
SÃO PAULO x SANTOS

Domingo, Morumbi, 17h
SÃO PAULO – Problemas – Rodrigo Caio (terceiro cartão), Arboleda (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Sidão, Militão, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei; Marcos Guilherme, Hudson, Nenê e Cueva; Diego Souza. Técnico: Dorival Júnior
Últimos cinco jogos – vvvvd
SANTOS – Problemas – David Braz (terceiro cartão), Bruno Henrique (machucado), Victor Ferraz (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Caju; Alisson e Renato; Sasha, Vecchio e Copete; Gabriel. Técnico: Jair Ventura
Últimos cinco jogos – vedev
CURIOSIDADE – São Paulo e Santos são os dois times de mais posse de bola no Campeonato Paulista.
PALPITE – São Paulo

PONTE PRETA x PALMEIRAS
Domingo, Moisés Lucarelli, 19h30
PONTE PRETA – Problemas – Silvinho (terceiro cartão), Tiago Real (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Ivan, Émerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Orinho; Jéferson; Felipe Saraiva, Léo Arthur, Marciel e Gabriel Vasconcelos; Felipe Cardoso. Técnico: Eduardo Baptista
Últimos cinco jogos – eeevv
PALMEIRAS – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Jaílson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo; Guerra, Lucas Lima, Tchê Tchê e Dudu; Borja. Técnico: Roger Machado
Últimos cinco jogos – evvvv
CURIOSIDADE – Ano passado, a Ponte Preta eliminou o Palmeiras, nas semifinais do Campeonato Paulista. O técnico palmeirense era o atual treinador da Ponte Preta, Eduardo Baptista

CAMPEONATO MINEIRO
AMÉRICA X ATLÉTICO

Domingo, Independência, 17h
AMÉRICA – Problemas – João Ricardo (machucado, dúvida), David (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Glauco, Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Zé Ricardo e Aderlan; Gérson Magrão, Aylon e Serginho; Rafael Moura. Técnico: Enderson Moreira
Últimos cinco jogos – vdvve
ATLÉTICO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-2-3-1) – Victor, Carlos César, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Arouca e Elias; Roger Guedes, Otero e Erik; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Últimos cinco jogos – deved
CURIOSIDADE – O América não vence clássicos desde maio de 2016, quando ganhou do Atlético por 1 x 0. São dez clássicos contra Cruzeiro e Atlético, com sete derrotas e três empates.
PALPITE – Atlético


Palmeiras é líder em todos os números do Paulista, exceto posse de bola
Comentários Comente

PVC

O Palmeiras é o líder em todos os quesitos mais importantes das estatísticas do Campeonato Paulista. A única exceção é a posse de bola. Mesmo com 56,5% do tempo de controle do jogo, o time de Roger Machado perde para o São Paulo e para o Santos, neste critério.

Em todos os outros, o Palmeiras lidera.

Tem o melhor ataque, com 12 gols.

A defesa menos vazada, 3 vezes apenas.

É o líder em desarmes, com 18,8 por partida.

É o recordista de finalizações, com 14,2 por jogo.

Tem o líder de passes para gols, Lucas Lima, com 3, empatado com Daniel Guedes.

Felipe Melo é quem mais desarma no Paulista: 5,2 em média.

Borja é o homem com mais chutes a gol por partida: 3,3.

E só não é o artilheiro do Paulista porque o gol de pênalti contra o Mirassol foi de Dudu, não dele.

O começo de temporada faz do Palmeiras o único time da Série A com 100% de aproveitamento.

Invictos estão também Atlético Paranaense, Flamengo e Cruzeiro.


Informações e palpites da rodada no Rio e SP
Comentários Comente

PVC

Estreia de Henrique Dourado pelo Flamengo e o Palmeiras voltando a Mirassol, depois de cinco anos. Mas a rodada fraca acompanha a seção Informações e Palpites, que será mais completa na semana que vem.

CAMPEONATO CARIOCA
FLAMENGO x BOTAFOGO
Sábado, Raulino de Oliveira, 16h30
FLAMENGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – César, Pará, Rhodolfo, Juan e Renê; Cuellar; Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá, Diego e Éverton; Henrique Dourado. Técnico: Paulo César Carpegiani
Últimos cinco jogos – vevvv
BOTAFOGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Jéfferson, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Gílson; Matheus Fernandes; Rodrigo Pimpão, João Paulo, Léo Valencia e Luís Fernando; Brenner. Técnico: Felipe Conceição
Últimos cinco jogos – devve
CURIOSIDADE – Jéfferson completará 443 jogos e se tornará o goleiro com maior número de jogos do Botafogo, superando Manga.
PALPITE – Flamengo

CAMPEONATO PAULISTA
FERROVIÁRIA x SANTOS
Sábado, Fonte Luminosa, 16h30
SANTOS – Problemas – Alisson (terceiro cartão), Copete (terceiro cartão), Victor Ferraz (machucado), Luiz Felipe (machucado), Cléber (machucado), Yuri (machucado), Bruno Henrique (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Vanderlei, Daniel Guedes, David Braz, Robson Bambu e Caju; Matheus Jesus e Renato; Gabriel, Vecchio e Arthur Gomes; Sasha Técnico: Jair Ventura
Últimos cinco jogos – devdv
CURIOSIDADE – Ano passado, a Ferroviária venceu o Santos na Vila Belmiro por 1 x 0.
PALPITE – Santos

MIRASSOL x PALMEIRAS
Sábado, José Campos Maia, 19h
PALMEIRAS – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Jaílson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo; Willian, Lucas Lima, Tchê Tchê e Dudu; Borja. Técnico: Roger Machado
Últimos cinco jogos – vvvvv
CURIOSIDADE – Na última visita do Palmeiras a Mirassol, o time treinado por Gílson Kleina perdeu por 6 x 2, em 2013.
PALPITE – Palmeiras


Idolatria de Júlio César mostra que futebol não é feito só de números
Comentários Comente

PVC

Júlio César está de volta ao Flamengo e pode-se discutir profundamente a contratação. Volta para três meses, em que receberá todas as justas homenagens, suprirá a ausência de Diego Alves, enquanto o titular não volta, mas poderá tirar espaço de César, goleiro-emergência de 2017, mas campeão da Copa São Paulo de 2011. Craque o Flamengo faz em casa. Goleiro também, como mostra a história de Júlio César, tricampeão carioca em 2001.

A observação pura de seus números mostra um resultado pobre, incapaz, em teoria, de formar um ídolo. Com Júlio César é diferente.
Foram 284 partidas pelo Flamengo, com 122 vitórias, 70 empates e 92 derrotas. Incríveis 388 gols sofridos, média de 1,36.

Alex Muralha jogou 77 vezes pelo Flamengo e sofreu 60 gols. Média de 0,77.

O número puro também mente, se não estiver contextualizado com a história. Júlio César é muito mais goleiro do que Muralha. Levou muito mais gols, porque à parte as campanhas do tricampeonato carioca de 1999 e 2000, como reserva de Clemer, e 2001, como titular no antológico jogo do gol de Petkovic, Júlio César foi responsável por evitar a humilhação suprema do rebaixamento.

Humilhações menores, Júlio César passou. Levou 5 x 1 do Vasco na final da Taça Guanabara de 2000, com Carpegiani como técnico, 1 x 4 do Fortaleza, 1 x 5 do Vitória, 6 x 1 do Atlético, jogo em que a torcida recebeu a delegação no aeroporto Santos Dumont a socos e pontapés, em 2004.

Mesmo assim, a torcida adora Júlio César. Porque ele salvava.

Ser ídolo do Flamengo é sinal de que os números não explicam tudo. Bem lidos, ajudam muito a interpretar as coisas. Não se deve abrir mão deles. Apenas ser bom senso para analisá-los.

Jogar no Flamengo por um salário simbólico, enquanto Diego Alves não volta, pode ser uma homenagem por um preço justo.

Tags : flamengo


Receio do Flamengo pode levar Zeca para a Espanha
Comentários Comente

PVC

O departamento jurídico do Flamengo não autoriza sacramentar a negociação com o lateral-esquerdo Zeca, avançada há uma semana e agora longe de uma conclusão positiva para qualquer clube brasileiro. O receio dos advogados do clube é que Zeca perca a ação que move contra o Santos numa futura alçada e isto venha a onerar o Flamengo em até R$ 50 milhões, valor da multa rescisória com o Santos. Foi por isto que começou a conversa entre diretorias rubro-negra e santista e cogitou-se a inclusão de jogadores, numa espécie de troca. Neste caso, é o jogador quem não aceita.

“Entedemos que o Zeca está livre e o Santos não é mais parte do negócio”, diz um dos agentes do atleta.

Uma hipótese seria a entrada do centroavante Felipe Vizeu na negociação. O Flamengo não queria incluir o atacante. O Santos é que pretendia contar com o avante.

Da quase certeza de um acerto por cinco anos, como você leu neste blog na última quinta-feira, agora há um impasse e conversas com o Girona, da Espanha.

Antes do reveillón, Zeca dizia que só faltava viajar para o Rio e assinar contrato. Hoje, a perspectiva maior é de acerto com o clube da Espanha.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>