Blog do PVC

Arquivo : palmeiras

Informações e palpites da 25a rodada do Brasileirão
Comentários Comente

PVC

CEARÁ x VITÓRIA
Sábado, Castelão, 16h
CEARÁ – Problemas – Fabinho (machucado), Éder (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Éverson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho e Richardson; Leandro Carvalho, Juninho Quixadá e Calyson; Arthur. Técnico: Lisca
Últimos cinco jogos – evvdd
VITÓRIA – Problemas – Erick (terceiro cartão), Lucas Ribeiro (expulso), Arouca (machucado), William Farias (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Ronaldo, Jéferson, Ramon, Aderllan e Fabiano; Léo Gomes; Rodrigo Andrade, Meli, Neílton e Walter Bou; Léo Ceará. Técnico: Paulo César Carpegianbi
Últimos cinco jogos – vevvd
CURIOSIDADE – No primeiro turno, o Vitória venceu por 2 x 1, dirigido por Vágner Mancini, enquanto o Ceará era orientado por Marcelo Chamusca. Hoje, os dois treinadores estão fora da Série A.
RETROSPECTO – Na história, em Fortaleza, houve duas vitórias do Ceará, uma do Vitória e um empate.
PALPITE – Ceará
ARBITRAGEM – Marcelo Aparecido de Souza (SP); Anderson José de Moraes Coelho (SP), Bruno Salgado Rizo (SP)

GRÊMIO x PARANÁ
Sábado, Arena do Grêmio, 16h
GRÊMIO – Problemas – André (machucado), Jael (machucado), Thaciano (terceiro cartão), Maicon (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Paulo Victor, Leonardo, Paulo Miranda, Bressan e Marcelo Oliveira; Cícero e Matheus; Marinho, Douglas e Pepê; Alisson. Técnico: Renato Gaúcho
Últimos cinco jogos – devvd
PARANÁ – Problemas – Biteco (machucado), Cléber Reis (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Richard, Júnior, Renê Santos, Rayan e Igor; Leandro Vilela e Alex Santana; Nádson, Caio Henrique e Carlos; Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira
Últimos cinco jogos – dedde
CURIOSIDADE – A última vitória do Paraná no velho estádio Olímpico foi em 2003, por 2 x 0.
RETROSPECTO – Em Porto Alegre, são quatro vitórias do Grêmio, dois empates e duas vitórias do Paraná.
PALPITE – Grêmio
ARBITRAGEM – Igor Junio Benevenuto (MG); Felipe Alan Costa de Oliveira (MG), Ricardo Junio de Souza (MG)

VASCO x FLAMENGO
Sábado, Mané Garrincha (Brasília), 19h
VASCO – Problemas – Yago Pikachu (expulso), Breno (machucado), Rildo (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Leandro Castan e Ramon; Desábato; Giovanni Augusto, Raul, William Maranhão e Thiago Galhardo; Maxi López. Técnico: Alberto Valentim
Últimos cinco jogos – ddddv
FLAMENGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuellar; Éverton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá e Vitinho; Uribe. Técnico: Maurício Barbiéri
Últimos cinco jogos – evddv
CURIOSIDADE – Em 26 de março de 2017, Flamengo e Vasco jogaram no estádio Mané Garrincha, em Brasília, com empate por 2 x 2.
RETROSPECTO – São duas vitórias do Flamengo e cinco empates nas últimas partidas entre os dois clubes.
PALPITE – Flamengo
ARBITRAGEM – Luiz Flávio de Oliveira (SP); Marcelo Van Gasse (SP), Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

BOTAFOGO x AMÉRICA MINEIRO
Domingo, Nílton Santos, 11h
BOTAFOGO – Problemas – Gatito Fernández (machucado), Jéfferson (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Saulo, Marcinho, Carli, Igor Rabelo e Moisés; Lindoso; Luiz Fernando, Matheus Fernandes, Bochecha e Erik; Kieza. Técnico: Zé Ricardo
Últimos cinco jogos – dedvd
AMÉRICA MINEIRO – Problemas – Ruy (recuperação física), Aylon (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – João Ricardo, Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; Leandro Donizete e David; Juninho, Wesley e Matheusinho; Luan. Técnico: Adílson Batista
Últimos cinco jogos – evdde
CURIOSIDADE – No primeiro confronto, em 1971, o técnico do América era Aírton Moreira, técnico do Cruzeiro na Taça Brasil de 1966 e irmão de Zezé Moreira, treinador do Botafogo campeão carioca em 1948.
RETROSPECTO – No Rio de Janeiro, são três vitórias do Botafogo e um empate em quatro partidas de Campeonato Brasileiro.
PALPITE – Botafogo
ARBITRAGEM – Rodrigo Batista Raposo (DF); José Reinaldo Nascimento Júnior (DF), Luciano Benevides de Souza (DF)

CRUZEIRO x ATLÉTICO MINEIRO
Domingo, Mineirão, 16h
CRUZEIRO – Problemas – Robinho (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Rafael, Ezequiel, Manoel, Murilo e Marcelo Hermes; Ariel Cabral e Bruno Silva; Rafinha, Mancuello e David; Raniel. Técnico: Mano Menezes
Últimos cinco jogos – veeed
ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Victor, Émerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adílson; Luan, Elias, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Últimos cinco jogos – vvede
CURIOSIDADE – No primeiro turno, Roger Guedes foi o destaque do jogo e autor do gol da vitória atleticana.
RETROSPECTO – Na história do Brasileirão, são 23 vitórias do Atlético, 20 do Cruzeiro e 18 empates, no Mineirão.
PALPITE – Atlético
ARBITRAGEM – Rafael Traci (PR); Ivan Carlos Bohn (PR), Rafael Trombeta (PR)

SANTOS x SÃO PAULO
Domingo, Vila Belmiro, 16h
SANTOS – Problemas – Lucas Veríssimo (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Róbson Bambu e Dodô; Yuri; Sasha, Carlos Sánchez, Diego Pituca e Rodrygo; Gabriel. Técnico: Cuca
Últimos cinco jogos – vevev
SÃO PAULO – Problemas – Régis (terceiro cartão), Bruno Peres (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Sidão, Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; João Rojas, Jucilei, Liziero e Éverton; Nenê e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre
Últimos cinco jogos – vdeve
CURIOSIDADE – Apesar de o Brasileirão ser se iniciado em 1971, ou 1959, de acordo com a unificação da CBF, o primeiro clássico na Vila Belmiro pelo Campeonato Nacional aconteceu em 1990.
RETROSPECTO – O São Paulo não vence o Santos na Vila Belmiro pelo Brasileirão desde 2009.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Ricardo Marques Ribeiro (MG); Guilherme Dias Camilo (MG), Sidmar dos Santos Meurer (MG)

ATLÉTICO PARANAENSE x FLUMINENSE
Domingo, Arena da Baixada, 16h
ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas – Marcelo Cirino (machucado), Bruno Nazário (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Santos, Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González; Nikão, Raphael Veiga e Marcinho; Pablo. Técnico: Tiago Nunes
Últimos cinco jogos – ddvvv
FLUMINENSE – Problemas – Ayrton Lucas (terceiro cartão), Pedro (machucado), Gilberto (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Júlio César, Léo, Gum, Digão e Marlon; Richard e Jádson; Dodi, Sornoza e Everaldo; Kayke. Técnico: Marcelo Oliveira
Últimos cinco jogos – veedv
CURIOSIDADE – Atlético Paranaense e Fluminense já duelaram numa semifinal de Brasileirão, em 2001.
RETROSPECTO – O Atlético venceu os dois últimos jogos na Arena pelo Brasileirão. O Fluminense ganhou pela última vez em 2015.
PALPITE – Atlético Paranaense
ARBITRAGEM – André Luiz de Freitas Castro (GO); Bruno Raphael Pires (GO), Leone Carvalho Rocha (GO)

BAHIA x PALMEIRAS
Domingo, Fonte Nova, 16h
BAHIA – Problemas – Bruno (machucado, dúvida), Vinícius (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Douglas, Nino Paraíba, Douglas Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Élton e Gregore; Élber, Marco Antônio e Zé Rafael; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira
Últimos cinco jogos – dvdvd
PALMEIRAS – Problemas – Deyverson (expulso) – Time provável (4-2-3-1) – Fernando Prass, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Felipe Melo e Gabriel Furtado; Arthur, Lucas Lima e Hyoran; Papagaio. Técnico: Luiz Felipe
Últimos cinco jogos – dvvvd
CURIOSIDADE – Enderson Moreira enfrentou o Palmeiras duas vezes nesta Copa do Brasil. Como mandante, perdeu pelo América no Independência e empatou pelo Bahia na Fonte Nova.
RETROSPECTO – O Palmeiras não perde para o Bahia na Fonte Nova, pelo Brasileirão, desde 1988. São cinco vitórias e três empates, neste período.
PALPITE – Palmeiras
ARBITRAGEM – Héber Roberto Lopes (PR); Henrique Neu Ribeiro (MG), Éder Alexandre (SC)

CORINTHIANS x SPORT

Domingo, Itaquera, 19h
CORINTHIANS – Problemas – Renê Júnior (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Cássio, Fágner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jádson e Clayson; Roger. Técnico: Jair Ventura
Últimos cinco jogos – eddev
SPORT – Problemas – Felipe Bastos (afastado pela direitoria), Michel Bastos (afastado pela diretoria), Marlone (emprestado pelo Corinthians), Ronaldo Alves (terceiro cartão), Gabriel (machucado), Cláudio Winck (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Magrão, Ernando, Léo Ortiz, Durval e Sander; Marcão Silva; Rogério, Jair, Neto Moura e Morato; Hernane. Técnico: Eduardo Baptista
Últimos cinco jogos – edvdd
CURIOSIDADE – Foi do Sport que o Corinthians contratou um de seus ídolos da Democracia Corinthiana: Biro-Biro.
RETROSPECTO – O Corinthians enfrentou o Sport quatro vezes em Itaquera e venceu as quatro.
PALPITE – Corinthians
ARBITRAGEM – Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC); Hélton Nunes (SC), Alex dos Santos (SC)

CHAPECOENSE x INTERNACIONAL
Segunda-feira, Arena Condá, 20h
CHAPECOENSE – Problemas – Fabrício Bruno (machucado), Neto (machucado), Perotti (machucado), Vinicius (machucado), Moisés Ribeiro (suspenso por doping) – Time provável (4-2-3-1) – Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Elicarlos e Márcio Araújo; Doffo, Diego Torres e Victor Andrade; Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira
Últimos cinco jogos – deddd
INTERNACIONAL – Problemas – Rossi (terceiro cartão), Rodrigo Dourado (machucado, dúvida) – Time provável (4-1-4-1) – Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo, Victor Cuesta e Iago; Gabriel Dias; Nico López, Edenílson, Patrick e William Pottker; Jonathan Álvez. Técnico: Odair Hellmann
Últimos cinco jogos – vveev
CURIOSIDADE – Guto Ferreira foi um dos treinadores da campanha do acesso do Internacional para a Série A, em 2017.
RETROSPECTO – O Internacional jogou na Arena Condá três vezes pelo Brasileirão e perdeu as três, uma delas por 5 x 0. Ganhou pela Copa do Brasil, em 2008.
PALPITE – Internacional
ARBITRAGEM – Wágner do Nascimento Magalhães (RJ); Luiz Cláudio Regazone (RJ), Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)


Defesas vencem as disputas dos jogos de ida
Comentários Comente

PVC

A cara atual do futebol brasileiro, com defesas bem montadas vencendo ataques individualizados, deu o tom nas duas partidas de ida das semifinais da Copa do Brasil. O Cruzeiro fez 1 x 0 num contra-ataque certeiro, aos 5 minutos de jogo. Barcos marcou em jogada iniciada com erro de Thiago Santos na dividida, que deixou dois cruzeirenses, Robinho e Barcos, contra apenas um palmeirense, o zagueiro Antônio Carlos.

A partir do momento em que construiu a vantagem, o Cruzeiro dobrou a marcação pelos lados do campo e raras vezes permitiu ao ataque do Palmeiras ter tabelas para as infiltrações. Mesmo assim, o time de Felipão finalizou nove vezes no alvo, contra três do Cruzeiro.

Houve duelos seguidos de Dudu contra Egídio, mas na maior parte das vezes sem opção de passe, para fazer a ultrapassagem. A defesa cruzeirense deu aula de bloqueio. O Palmeiras chutou uma bola na trave com Lucas Lima aos 50 do segundo tempo. Na última bola da partida Edu Dracena tocou em Fábio, a bola sobrou para Antônio Carlos marcar. Wágner Reway não ouviu a arbitragem eletrônica e anulou o gol.

A única virada do Palmeiras neste ano aconteceu no dia 2 de junho, contra o São Paulo.

No Maracanã, o retrato foi semelhante. Jair Ventura montou sua equipe com um volante, Ralf, e uma linha de quatro outros marcadores: Romero, Gabriel, Douglas e Clayson. Jádson ficava à frente para qualquer chance de contra-ataque. O Corinthians não finalizou nenhuma vez no alvo, mas desarmou 25 vezes. O Flamengo chegou a 67% de posse de bola, 21 finalizações ao todo, esbarrou em Cássio, mas levou pouco perigo.

O resumo foi que as defesas venceram nos dois jogos de ida. Desde 2015, todos os semifinalistas que fizeram o segundo jogo em casa classificaram-se à decisão da Copa do Brasil.

Quarta-feira, 12/setembro/2018
PALMEIRAS 0 x 1 CRUZEIRO – 21h45
Local: Allianz Parque (São Paulo); Juiz: Wágner Reway (MT); Alessandro Rocha de Mattos (BA), Fabrício Vilarinho (GO); Renda: R$ Gols: Barcos 5 do 1º; Cartão amarelo: Thiago Santos (16’), Léo (45’), Dudu (48’), Fábio (54’), Edílson (80’); Expulsão: Edílson 35 do 2o
PALMEIRAS: 25. Wéverton (6,5), 12. Mayke (6), 25. Antônio Carlos (5,5), 3. Edu Dracena (5) e 6. Diogo Barbosa (6); 5. Thiago Santos (5) (20. Lucas Lima, intervalo (5)) e 19. Bruno Henrique (5,5); 29. Willian (6), 10. Moisés (5,5) e 7. Dudu (6,5); 9. Borja (5) (37. Arthur 32 do 2º (5)). Técnico: Luiz Felipe
CRUZEIRO: 1. Fábio (7,5), 22. Edílson (4), 26. Dedé (8), 3. Léo (6,5) e 6. Egídio (5,5); 8. Henrique (7) e 16. Lucas Silva (6); 19. Robinho (7) (20. Bruno Silva 16 do 2º (6,5)), 30. Thiago Neves (7) e 10. De Arrascaeta (6,5) (18. Rafinha 46 do 1º (6,5)); 28. Barcos (7) (17. Raniel 24 do 2º (6)). Técnico: Mano Menezes
Árbitro de vídeo – Péricles Bassols (PE)


Palmeiras é líder do Brasileiro pós-Felipão
Comentários Comente

PVC

Desde a reestreia de Felipão no Brasileirão, no empate por 0 x 0 contra o América, no Independência, nenhum time somou mais pontos do que o Palmeiras, que venceria o Internacional nos critérios de desempate, com dez gols de saldo contra sete do Internacional. A conta só serve para comparar o desempenho recente do time do Parque Antarctica, com o dos líderes do campeonato. Em onze partidas como técnico do Palmeiras, Felipão venceu oito, empatou dois e perdeu uma. No Brasileirão, são oito partidas, com seis vitórias e dois empates.

O Internacional tem, no mesmo período, o mesmo número de pontos ganhos e de vitórias, mas perde no saldo.

O aspecto surpreendente é que o Palmeiras jogou as oito partidas com seu expressinho, o time reserva completado por no máximo quatro titulares da Libertadores. Está claro que Felipão tem duas equipes distintas. Uma para o Brasileirão, outra para as Copas, a do Brasil e a Libertadores.

Se o campeonato começasse quando Felipão reestreou, o Palmeiras seria líder e o Cruzeiro, adversário na Copa do Brasil, estaria em 14o lugar. Das últimas dez partidas por quaisquer competições, o Cruzeiro só venceu duas, contra Flamengo, pela Libertadores, e Fluminense, pelo Brasileirão.

Veja abaixo a classificação hipotética, desde que Felipão chegou:

CLASSIFICAÇÃO DEPOIS DA 16A RODADA
1. Palmeiras – 20 pontos, 6 vitórias, 11 gols pró, 1 gol contra
2. Internacional – 20 pontos, 6 vitórias, 8 gols pró, 1 gol contra
3. São Paulo – 17 pontos, 5 vitórias, 11 gols pró, 5 gols contra
4. Santos – 15 pontos, 4 vitórias, 13 gols pró, 5 gols contra
5. Grêmio – 14 pontos, 4 vitórias, 13 gols pró, 4 gols contra
6. Atlético Paranaense – 14 pontos, 4 vitórias, 8 gols pró, 3 gols contra
7. Ceará – 13 pontos, 3 vitórias, 6 gols pró, 6 gols contra
8. Atlético Mineiro – 11 pontos, 3 vitórias, 8 gols pró, 4 gols contra
9. Bahia – 11 pontos, 3 vitórias, 7 gols pró, 8 gols contra
10. Vitória – 11 pontos, 3 vitórias, 4 gols pró, 9 gols contra
11. América – 10 pontos, 2 vitórias, 6 gols pró, 5 gols contra
12. Flamengo – 10 pontos, 3 vitórias, 7 gols pró, 11 gols contra
13. Fluminense – 10 pontos, 2 vitórias, 5 gols pró, 7 gols contra
14. Cruzeiro – 9 pontos, 1 vitória, 6 gols pró, 6 gols contra
15. Botafogo – 6 pontos, 1 vitória, 4 gols pró, 12 gols contra
16. Corinthians – 5 pontos, 1 vitória, 4 gols pró, 8 gols contra
17. Vasco – 5 pontos, 1 vitória, 6 gols pró, 12 gols contra
18. Sport – 5 pontos, 1 vitória, 3 gols pró, 13 gols contra
19. Chapecoense – 5 pontos, 0 vitória, 6 gols pró, 12 gols contra
20. Paraná – 3 pontos, 0 vitória, 3 gols pró, 9 gols contra

Tags : palmeiras


Deyverson é o artilheiro do Palmeiras com Felipão
Comentários Comente

PVC

A vitória do Internacional devolveu o time gaúcho à liderança do Brasileirão, com os mesmos 49 pontos do São Paulo e três a mais do que o Palmeiras, vencedor no clássico contra o Corinthians por 1 x 0, gol de Deyverson.

O Palmeiras desarmou mais (28 x 9) e mais ainda no campo de ataque (13 x 0). Afogou o Corinthians em seu campo de defesa e obrigou erros de passes consecutivos em saídas de bola. Vinte passes errados antes de atravessar o meio-de-campo.

O Corinthians também sofreu pela inversão dos pontas do Palmeiras. Quando Romero foi para a direita, para ajudar Mantuan contra Dudu, Marcos Rocha foi ao ataque e fez o passe para Deyverson marcar o gol da vitória.

Deyverson foi o personagem do clássico, assim como Uendel, no Internacional.

Tanto Deyverson quanto Uendel corresponderam à confiança de seus técnicos. O lateral do Internacional recebeu elogios por seu trabalho desde que perdeu a posição para Iago. Quando o novo titular ficou suspenso pelo terceiro cartão amarelo, muita gente apostou que Zeca iria para a esquerda. Odair Hellmann preferiu não se contradizer. Escalou Uendel. Foi dele o passe para o gol da vitória, marcado por Edenílson.

No Allianz Parque, o melhor em campo foi Dudu. Mas Deyverson responde sempre que é chamado. Desde que Felipão chegou, marcou quatro dos 13 gols do Palmeiras. É o artilheiro da era Felipão com 4 gols, contra 3 de Borja, 2 de Dudu e Lucas Lima.


Informações e palpites da 24a rodada do Brasileirão
Comentários Comente

PVC

SPORT x CRUZEIRO
Sábado, Ilha do Retiro, 16h
SPORT – Problemas – Nenhum – Time provável (3-4-2-1) – Magrão, Ernando, Ronaldo Alves e Durval; Cláudio Winck, Deivid, Neto Moura e Sander; Rogério e Gabriel; Hernane. Técnico: Eduardo Baptista
Últimos cinco jogos – dvddd
CRUZEIRO – Problemas – Dedé (seleção brasileira), Henrique (terceiro cartão), Thiago Neves (poupado), Romero (machucado), De Arrascaeta (machucado), Sassá (preparação física), Fred (preparação física) – Time provável (4-2-3-1) – Fábio, Ezequiel, Manoel, Murilo e Egídio; Ariel Cabral e Lucas Silva; Bruno Silva, Robinho e David; Barcos. Técnico: Mano Menezes
Últimos cinco jogos – eedve
CURIOSIDADE – Ênio Andrade, técnico referência para Mano Menezes, foi campeão pernambucano pelo Sport e mineiro pelo Cruzeiro.
RETROSPECTO – Nas últimas duas visitas à Ilha do Retiro, o Cruzeiro empatou em 2017 e venceu em 2016.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP); Alex Ang Ribeiro (SP), Rogério Pablos Zanardo (SP)

SÃO PAULO x BAHIA
Sábado, Morumbi, 19h
SÃO PAULO – Problemas – Éverton (machucado), Bruno Peres (machucado), Arboleda (seleção equatoriana), Reinaldo (machucado), Rodrigo Caio (machucado) – Time provável (4-4-2) – Sidão, Régis, Bruno Alves, Ânderson Martins e Edimar; João Rojas, Hudson, Jucilei e Lizieiro; Nenê e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre
Últimos cinco jogos – devev
BAHIA – Problemas – Bruno (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Douglas, Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Élton; Ramires, Zé Rafael e Vinicius; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira
Últimos cinco jogos – vvdde
CURIOSIDADE – O primeiro confronto da história do Brasileirão aconteceu em 1971, na Fonte Nova, e foi vencido pelo São Paulo por 1 x 0, gol de Toninho Guerreiro
RETROSPECTO – Nas últimas três partidas no Morumbi, há uma vitória para cada lado e um empate. O Bahia venceu em 2013, empatou em 2017, e a última vitória são-paulina aconteceu em 2014.
PALPITE – São Paulo
ARBITRAGEM – André Luiz de Freitas Castro (GO); Fabrício Vilarinho da Silva (GO), Bruno Raphael Pires (GO)

FLAMENGO x CHAPECOENSE
Sábado, Maracanã, 21h
FLAMENGO – Problemas – Cuellar (seleção colombiana), Lucas Paquetá (seleção brasileira) – Time provável (4-1-4-1) – Diego Alves, Pará, Réver, Léo Duarte e Renê; Piris da Mota; Éverton Ribeiro, Jean Lucas, Diego e Vitinho; Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbiéri
Últimos cinco jogos – ddvev
CHAPECOENSE – Problemas – Fabrício Bruno (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Roberto; Elicarlos e Márcio Araújo; Doffo, Canteros e Victor Andrade; Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira
Últimos cinco jogos – edddd
CURIOSIDADE – A Chapecoense nunca fez gol no Maracanã, contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro.
RETROSPECTO – Pelo Brasileirão, são oito jogos, com seis vitórias do Flamengo, um empate e duas vitórias da Chapecoense.
PALPITE – Flamengo
ARBITRAGEM – Leandro Bizzio Marinho (SP); Daniel Luís Marques (SP), Daniel Paulo Ziolli (SP)

PALMEIRAS x CORINTHIANS
Domingo, Allianz Parque, 16h
PALMEIRAS – Problemas – Borja (machucado), Bruno Henrique (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Wéverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos e Felipe Melo; Hyoran, Lucas Lima e Dudu; Deyverson. Técnico: Luiz Felipe
Últimos cinco jogos – vvdvv
CORINTHIANS – Problemas – Fágner (machucado), Time provável (4-2-3-1) – Cássio, Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jádson e Romero; Roger. Técnico: Jair Ventura
Últimos cinco jogos – devvd
CURIOSIDADE – Jair Ventura estreia como terceiro técnico do Corinthians na temporada. Nos últimos dez anos, o Corinthians só teve três treinadores num mesmo ano em 2010 (Mano, Adílson Batista e Tite) e em 2016 (Tite, Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira).
RETROSPECTO –
PALPITE – Palmeiras
ARBITRAGEM – Jean Pierre Gonçalves Lima (RS); Émerson Augusto de Carvalho (SP), Marcelo Van Gasse (SP)

INTERNACIONAL x GRÊMIO
Domingo, Beira Rio, 16h
INTERNACIONAL – Problemas – Iago (terceiro cartão), Danilo Fernandes (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado; Nico López, Edenílson, Patrick e William Pottker; Jonathan Álvez. Técnico: Odair Hellmann
Últimos cinco jogos – veevv
GRÊMIO – Problemas – Kannemann (seleção argentina), Éverton (seleção brasileira) – Marcelo Grohe, Leonardo Moura, Geromel, Bressan e Cortez; Cícero e Maicon; Ramiro, Luan e Alisson; Jael. Técnico: Renato Gaúcho
Últimos cinco jogos – evvde
CURIOSIDADE – Este será o quinto Grenal do ano. O Grêmio venceu o primeiro no Beira Rio, depois triunfou na Arena, perdeu o terceiro, no Beira Rio, e empatou o quarto, em seu estádio.
RETROSPECTO – O Grêmio venceu o último Grenal pelo Brasileirão, no Beira Rio, em 2016: 1 x 0, gol de Douglas.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Péricles Bassols (PE); Clóvis Amaral da Silva (PE), Bruno César Chaves Vieira (PE)

AMÉRICA MINEIRO x CEARÁ
Domingo, Independência, 16h
AMÉRICA MINEIRO – Problemas – Matheus Ferraz (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – João Ricardo, Norberto, Paulão, Messias e Carlinhos; Leandro Donizete e David; Wesley, Gérson Magrão e Giovanni; Rafael Moura. Técnico: Adílson Batista
Últimos cinco jogos – dede
CEARÁ – Problemas – Fabinho (machucado), João Lucas (machucado), Reina (machucado), Cardona (machucado), Leandro Carvalho (terceiro cartão), Éverson (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Fernando Henrique, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho e Richardson; Felipe Azevedo, Juninho Quixadá e Calyson; Arthur. Técnico: Lisca
Últimos cinco jogos – vvdde
CURIOSIDADE – O primeiro jogo entre os dois clubes pelo Campeonato Brasileiro aconteceu em 1971, com vitória americana no Mineirão, por 2 x 0, e o Ceará dirigido pelo técnico mineiro Gérson dos Santos, volante campeão carioca pelo Botafogo, em 1948.
RETROSPECTO – Na história do Brasileirão, são quatro vitórias do América e um empate, em Belo Horizonte.
PALPITE – América
ARBITRAGEM – Daniel Nobre Bins (RS); Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA), Michael Stanislau (BA)

FLUMINENSE x BOTAFOGO
Domingo, Maracanã, 16h
FLUMINENSE – Problemas – Pedro (machucado), Gilberto (machucado, dúvida), Sornoza (seleção equatoriana) – Time provável (4-2-3-1) – Júlio César, Léo, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard e Dodi; Everaldo, Luciano e Matheus Alessandro; Kayke. Técnico: Marcelo Oliveira
Últimos cinco jogos – eedve
BOTAFOGO – Problemas – Carli (terceiro cartão), Jean (terceiro cartão), Gatito Fernández (machucado), Saulo (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Saulo, Marcinho, Yago, Igor Rabello e Moisés; Lindoso; Luiz Fernando, Matheus Fernandes, Bocheca e Erik; Kieza. Técnico: Zé Ricardo
Últimos cinco jogos – edvdd
CURIOSIDADE – Marcelo Oliveira foi atacante do Botafogo, semifinalista do Brasileirão de 1981.
RETROSPECTO – Este será o quarto clássico do ano. Até agora, uma vitória para cada lado e um empate por 0 x 0.
PALPITE – Fluminense
ARBITRAGEM – Leandro Pedro Vuaden (RS); Jorge Eduardo Bernardi (RS), Leirson Peng Martins (RS)

PARANÁ x SANTOS
Domingo, Vila Capanema, 19h
PARANÁ – Problemas – Leandro Vilela (terceiro cartão), Cléber Reis (machucado), Silvinho (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Richard, Júnior, Renê, Rayan e Igor; Jhonny Lucas e Alex Santana; Nádson, Carlos Henrique e Carlos; Rafael Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira
Últimos cinco jogos – edded
SANTOS – Problemas – Carlos Sánchez (seleção uruguaia), Citadini (machucado), Lucas Veríssimo (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Vanderlei, Daniel Guedes, Gustavo Henrique, Róbson Bambu e Dodô; Alisson; Sasha, Victor Ferraz, Diego Pituca e Rodrygo; Gabriel. Técnico: Cuca
Últimos cinco jogos – vevd
CURIOSIDADE – O primeiro time de Cuca como técnico de Série A do Brasileirão foi o Paraná Clube, em 2003.
RETROSPECTO – Em sua última visita à Vila Capanema pelo Brasileirão, em 2007, o Santos venceu por 3 x 2, com dois gols de Kléber Pereira.
PALPITE – Santos
ARBITRAGEM – Dewson de Freitas (PA); Cleriston Clay Barreto Rios (SE), Pedro Martinelli Christino (PR)

VITÓRIA x VASCO
Domingo, Barradão, 19h
VITÓRIA – Problemas – Luan (machucado), William Farias (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Ronaldo, Jéferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Bruno Bispo; Rodrigo Andrade e Léo Gomes; Yago, Neílton e Erick; Léo Ceará. Técnico: Paulo César Carpegiani
Últimos cinco jogos – evvdd
VASCO – Problemas – Leandro Castan (machucado), Breno (machucado), Giovanni Augusto (machucado), Rildo (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato e Raul; Yago Pikachu, Thiago Galhardo e Wágner; Maxi López. Técnico: Alberto Valentim
Últimos cinco jogos – dvee
CURIOSIDADE – Em 1999, o Vitória eliminou o Vasco nas quartas-de-final do Brasileirão e terminou com sua segunda melhor campanha.
RETROSPECTO – No ano passado, o Vasco venceu no Barradão por 4 x 1.
PALPITE – Vitória
ARBITRAGEM – Paulo Roberto Alves Júnior (PR); Guilherme Dias Camilo (MG), Luciano Roggenbaum (PR)

ATLÉTICO MINEIRO x ATLÉTICO PARANAENSE
Segunda-feira, Independência, 20h
ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Émerson (terceiro cartão), Chará (seleção colombiana) – Time provável (4-1-4-1) – Victor, Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adílson; Galdezani, Tomás Andrade e Cazares; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Últimos cinco jogos – vedvv
ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas – Marcelo Cirino (machucado), Renan Lodi (terceiro cartão), Wellington (terceiro cartão), Bruno Nazário (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Santos, Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Bruno Guimarães e Lucho González; Nikão, Raphael Veiga e Marcinho; Pablo. Técnico: Thiago Nunes
Últimos cinco jogos – dvvvv
CURIOSIDADE – A maior goleadas entre os dois foi 5 x 0, repetida duas vezes. Em 1976, os mineiros aplicaram o placar, com três gols de Reinaldo. Em 2004, os paranaenses revidaram, com três gols de Jádson.
RETROSPECTO – Nos cinco jogos no novo Independência, pelo Brasileirão, são três vitórias dos paranaenses e duas dos mineiros.
PALPITE – Atlético Mineiro
ARBITRAGEM – Luiz Flávio de Oliveira (SP); Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP), Tatiane Sacilotti (SP)


Infmormações e palpites dos jogos de quarta
Comentários Comente

PVC

BAHIA x SPORT
Quarta-feira, Fonte Nova, 19h30
BAHIA – Problemas – Élber (terceiro cartão), Douglas (machucado, dúvida), Douglas Grolli (machucado), Tiago (machucado, dúvida), Zé Rafael (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Fernando Castro, Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Élton; Clayton, Vinícius e Edigar Junio; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira
Últimos cinco jogos – dvdde
SPORT – Problemas – Hernane (emprestado pelo Bahia) – Time provável (4-2-3-1) – Magrão, Cláudio Winck, Ernando, Durval e Sander; Deivid e Felipe Bastos; Marlone, Gabriel e Rogério; Rafael Marques. Técnico: Eduardo Baptista
Últimos cinco jogos – vdddd
CURIOSIDADE – Sport e Bahia são os dois únicos campeões brasileiros do Nordeste.
RETROSPECTO – O Sport quebrou um tabu de 18 anos e venceu em sua última visita à Fonte Nova, em 2017, dirigido por Vanderlei Luxemburgo.
PALPITE – Bahia
ARBITRAGEM – Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP); Émerson Augusto de Carvalho (SP), Ânderson José de Moraes Coelho (SP)

BOTAFOGO x CRUZEIRO
Quarta-feira, Nílton Santos, 19h30
BOTAFOGO – Problemas – Rodrigo Pimpão (terceiro cartão), Lindoso (machucado), Renatinho (machucado), Gatito Fernández (machucado), Jéfferson (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Saulo, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean e Matheus Fernandes; Luiz Fernando, Léo Valencia e Erik; Brenner. Técnico: Zé Ricardo
Últimos cinco jogos – dvddv
CRUZEIRO – Problemas – Dedé (seleção brasileira), De Arrascaeta (seleção brasileira), Lucas Romero (machucado), Fred (recuperação física), Sassá (recuperação física) – Time provável (4-2-3-1) – Fábio, Edílson, Léo, Manoel e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Bruno Silva0, Thiago Neves e Rafinha; Raniel. Técnico: Mano Menezes
Últimos cinco jogos – edvee
CURIOSIDADE – Sob o comando de Zé Ricardo, o Botafogo marcou três gols em 5 jogos do Brasileirão. Sofreu dez.
RETROSPECTO – No estádio Nílton Santos, houve três vitórias do Botafogo, três empates e uma do Cruzeiro.
PALPITE – Cruzeiro
ARBITRAGEM – Raphael Claus (SP); Danilo Ricardo Manis (SP), Rogério Pablos Zanardo (SP)

CEARÁ x CORINTHIANS
Quarta-feira, Castelão, 20h
CEARÁ – Problemas – Fabinho (machucado), Éder (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Éverson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Eduardo Brock; Edinho e Richardson; Leandro Carvalho, Juninho Quixadá e Calyson; Arthur. Técnico: Lisca
Últimos cinco jogos – vddee
CORINTHIANS – Problemas – Cássio (machucado), Pedro Henrique (machucado), Jonathan (machucado), Fágner (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Wálter, Mantuan, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jádson e Romero; Roger. Técnico: Osmar Loss
Últimos cinco jogos – evvdd
CURIOSIDADE – Em 2008, o Corinthians confirmou o acesso da Série B para a Série A ao vencer o Ceará, no Pacaembu, por 2 x 0, gols de Douglas e Chicão.
RETROSPECTO – Em Fortaleza, são seis vitórias do Corinthians, dois empates e apenas uma vitória do Ceará, pelo Brasileirão.
PALPITE – Corinthians
ARBITRAGEM – Rodolpho Toski Marques (PR); Bruno Boschillia (PR), Luciano Raggenbaum (PR)

PALMEIRAS x ATLÉTICO PARANAENSE
Quarta-feira, Allianz Parque, 21h
PALMEIRAS – Problemas – Luan (terceiro cartão), Hyoran (terceiro cartão), Diogo Barbosa (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Wéverton, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Thiago Santos e Bruno Henrique; Willian, Moisés e Dudu; Borja. Técnico: Luiz Felipe
Últimos cinco jogos – vdvvv
ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas – Raphael Veiga (terceiro cartão), Thiago Heleno (machucado), Marcelo Cirino (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Santos, Jonathan, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Bruno Guimarães; Nikão, Bruno Nazário e Marcinho; Pablo (Bergson). Técnico: Tiago Nunes
Últimos cinco jogos – vvvve
CURIOSIDADE – A campanha do título brasileiro de 2016 do Palmeiras começou com 4 x 0 sobre o Atlético Paranaense, no Allianz Parque.
RETROSPECTO – São quatro jogos no Allianz Parque, com duas vitórias do Atlético Paranaense, um empate e apenas uma vitória do Palmeiras.
PALPITE – Palmeiras
ARBITRAGEM – Marcelo de Lima Henrique (RJ); Michael Correia (RJ), Silbert Faria Sisquim (RJ)

PARANÁ x CHAPECOENSE

Quarta-feira, Vila Capanema, 21h
PARANÁ – Problemas – Jhonny Lucas (terceiro cartão), Silvinho (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Richard, Júnior, Renê, Cléber Reis e Igor; Leandro Vilela e Alex Santana; Nádson, Caio Henrique e Carlos; Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira
Últimos cinco jogos – ddede
CHAPECOENSE – Problemas – Leandro Pereira (terceiro cartão), Douglas (machucado), Elicarlos (machucado), Fabrício Bruno (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Jandrei, Eduardo, Thyere, Nery Bareiro e Roberto; Márcio Araújo e Elicarlos; Osman, Diego Torres e Bruno Silva; Doffo. Técnico: Guto Ferreira
Últimos cinco jogos – ddddv
CURIOSIDADE – Em 1978, a Chapecoense jogou em Curitiba contra o Colorado e perdeu por 1 x 0. O Colorado é um dos pais do Paraná, fruto da fusão entre Colorado e Pinheiros.
RETROSPECTO – O único jogo da história aconteceu no primeiro turno, com empate por 1 x 1.
PALPITE – Paraná
ARBITRAGEM – Bruno Arleu de Araújo (RJ); Luiz Cláudio Regazone (RJ), Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)

ATLÉTICO MINEIRO x SÃO PAULO
Quarta-feira, Independência, 21h45
ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Elias (suspenso pelo STJD), Chará (seleção colombiana) – Time provável (4-2-3-1) – Victor, Émerson, Leonardo Slva, Maidana e Fábio Santos; José Wellison e Adílson; Luan, Cazares e Tomás Andrade; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Últimos cinco jogos – edvvd
SÃO PAULO – Problemas – Arboleda (seleção equatoriana), Éverton (machucado), Diego Souza (expulso), Rodrigo Caio (machucado), Bruno Peres (machucado, dúvida) – Time provável (4-4-2) – Sidão, Régis, Bruno Alves, Ânderson Martins e Edimar; João Rojas, Hudson, Jucilei e Reinaldo; Nenê e Trellez. Técnico: Diego Aguirre´
Últimos cinco jogos – evevv
CURIOSIDADE – Diego Aguirre foi eliminado da Libertadores de 2016, como técnico do Atlético, vencendo o São Paulo por 2 x 1 dentro do Independência, mas pelo gol fora de casa como critério de desempate.
RETROSPECTO – Ano passado, o Atlético venceu por 1 x 0. No retrasado, a última vitória são-paulina, por 2 x 1.
PALPITE – Atlético
ARBITRAGEM – Ânderson Daronco (RS); Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA), Michael Stanislau (RS)

INTERNACIONAL x FLAMENGO
Quarta-feira, Beira Rio, 21h45
INTERNACIONAL – Problemas – Danilo Fernandes (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Nico López, Edenílson, Patrick e William Pottker; Jonatan Álvez. Técnico: Odair Hellmann
Últimos cinco jogos – eevvv
FLAMENGO – Problemas – Lucas Paquetá (seleção brasileira), Cuellar (seleção colomhiana), Diego (terceiro cartão), Réver (contrato com o Internacional exige pagamento de R$ 1 milhão de multa para jogar) – Time provável (4-1-4-1) – Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Léo Duarte e Renê; Piris da Mota e William Arão; Marlos Moreno, Éverton Ribeiro e Vitinho; Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbiéri
Últimos cinco jogos – dvevd
CURIOSIDADE – Vitinho, do Flamengo, foi rebaixado pelo Internacional em 2016.
RETROSPECTO – No último encontro no Beira Rio, vitória colorada por 2 x 1. No penúltimo, em 2015, o Flamengo ganhou pelo mesmo placar.
PALPITE – Internacional
ARBITRAGEM – Ricardo Marques Ribeiro (MG); Guilherme Dias Camilo (MG), Sidmar dos Santos Meurer (MG)


Informações e palpites da 22a rodada do Brasileirão
Comentários Comente

PVC

VITÓRIA x AMÉRICA MINEIRO
Sábado, Barradão, 16h
VITÓRIA – Problemas – Arouca (machucado), William Farias (machucado), Luan (machucado) – Time provável (4-4-2) – Ronaldo, Jéferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Benítez; Rodrigo Andrade, Léo Gomes, Yago e Rhayner; Neílton e Léo Ceará. Técnico: Paulo César Carpegiani
Últimos cinco jogos – vddde
AMÉRICA MINEIRO – Problemas – Jory (machucado), Lima (machucado), Aylon (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – João Ricardo, Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete e Aderlan; Juninho, Gérson Magrão e Luan; Rafael Moura. Técnico: Adílson Batista
Últimos cinco jogos – edede
RETROSPECTO – São sete partidas na história da Série A, com quatro triunfos do Vitória, um do América e dois empates.
CURIOSIDADE – O jogo nunca reuniu mais de 20 mil torcedores.
PALPITE – Vitória
ARBITRAGEM – Luiz Flávio de Oliveira (SP); Marcelo Van Gasse (SP), Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

GRÊMIO x BOTAFOGO
Sábado, Arena do Grêmio, 16h
GRÊMIO – Problemas – Jaílson (negociado com o Fenerbahçe), Geromel (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Marcelo Grohe, Leonardo Moura, Paulo Miranda, Kannemann e Cortez; Cícero e Maicon; Ramiro, Luan e Éverton; Jael. Técnico: Renato Gaúcho
Últimos cinco jogos – vdevd
BOTAFOGO – Problemas – Igor Rabello (terceiro cartão), Lindoso (machucado), Renatinho (machucado), Gatito Fernández (machucado), Jéfferson (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Saulo, Marcinho, Carli, Yago e Moisés; Jean e Matheus Fernandes; Luiz Fernando, Léo Valencia e Erik; Rodrigo Aguirre. Técnico: Zé Ricardo
Últimos cinco jogos – vddve
RETROSPECTO – Na Arena do Grêmio, são duas vitórias gremistas e uma botafoguense, em 2016.
CURIOSIDADE – Renato Gaúcho, atual técnico do Grêmio, foi vice-campeão brasileiro como atacante do Botafogo, em 1992.
PALPITE – Grêmio
ARBITRAGEM – Jaílson Macedo de Freitas (BA); Alessandro Rocha de Matos (BA), Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

VASCO x SANTOS
Sábado, Maracanã, 19h
VASCO – Problemas – Ramon (machucado, duvida), Leandro Castan (machucado), Breno (machucado), Ramon (machucado), Giovanni Augusto (machucado), Rildo (machucado), Vinicius Araujo (suspenso) – Time provável (4-1-4-1) – MartinSilva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato; Yago Pikachu, Andrey, Raul e Wágner; Maxi López. Técnico: Alberto Valentim
Últimos cinco jogos – veedv
SANTOS – Problemas – Bruno Henrique (terceiro cartão), Lucas Veríssimo (machucado), Luiz Felipe (machucado) – Time provável (4-4-2) – Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Róbson Bambu e Dodô; Derlis González, Carlos Sánchez, Diego Pituca e Bryan Ruiz; Rodrygo e Gabriel. Técnico: Cuca
Últimos cinco jogos – evdvv
RETROSPECTO – Pelo Brasileirão, de 1971 para cá, o Santos nunca venceu o Vasco jogando no Maracanã. São quatro vitórias vascaínas e seis empates.
CURIOSIDADE – O último clássico no Maracanã foi em 2013, com empate por 2 x 2.
PALPITE – Santos
ARBITRAGEM – Bráulio da Silva Machado (SC); Kléber Lúcio Gil (SC), Diogo Carvalho Silva (RJ)

CORINTHIANS x ATLÉTICO MINEIRO
Sábado, Itaquera, 21h
CORINTHIANS – Problemas – Fágner (terceiro cartão), Douglas (terceiro cartão), Pedro Henrique (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Cássio, Mantuan, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Gabriel; Pedrinho, Jádson e Romero; Roger. Técnico: Osmar Loss
Últimos cinco jogos – vvddv
ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Elias (julgamento no STJD sexta-feira), Galdezani (julgamento no STJD sexta-feira) – Time provável (4-1-4-1) – Victor, Émerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; José Wellison; Chará, Elias (Luan), Nathan e Cazares; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Últimos cinco jogos – dvvde
RETROSPECTO – Em Itaquera, são duas vitórias do Corinthians e dois empates, em quatro partidas.
CURIOSIDADE – Osmar Loss e Thiago Larghi são dois dos sete técnicos da Série A que nunca foram jogadores de futebol profissional.
PALPITE – Corinthians
ARBITRAGEM – Wágner do Nascimento Magalhães (RJ); Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ), Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

FLAMENGO x CEARÁ
Domingo, Maracanã, 11h
FLAMENGO – Problemas – Cuellar (expulso), Léo Duarte (terceiro cartão) – Time provável (4-1-4-1) – Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Réver e Renê; Piris da Mota; Éverton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá e Vitinho; Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbiéri
Últimos cinco jogos – vevdv
CEARÁ – Problemas – Fabinho (machucado), Éder (machucado), Richardson (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Éverson, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e João Lucas; Edinho e Pedro Ken; Felipe Azevedo, Juninho Quixadá e Calyson; Ricardo Bueno. Técnico: Lisca
Últimos cinco jogos – ddeee
RETROSPECTO – São só duas partidas no Maracanã. Um empate e uma vitória do Flamengo.
CURIOSIDADE – Em 1985, um empate por 2 x 2 no Maracanã eliminou o Flamengo do Brasileirão e deu a vaga nas semifinais ao Brasil de Pelotas.
PALPITE – Flamengo
ARBITRAGEM – Raphael Claus (SP); Danilo Ricardo Manis (SP), Rogério Pablos Zanardo (SP)

SÃO PAULO x FLUMINENSE
Domingo, Morumbi, 16h
SÃO PAULO – Problemas – Éverton (machucado), Nenê (terceiro cartão), Jucilei (terceiro cartão), Hudson (machucado) – Time provável (4-4-2) – Sidão, Bruno Peres, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Joăo Rojas, Luan, Liziero e Everton Felipe; Shaylon e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre
Últimos cinco jogos – vevvv
FLUMINENSE – Problemas – Gum (terceiro cartão), Pedro (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Júlio César, Gilberto, Ibañez, Digão e Ayrton Lucas; Richard e Jádson; Dodi, Sornoza e Matheus Alessandro; Kayke. Técnico: Marcelo Oliveira
Últimos cinco jogos – dvevd
RETROSPECTO – O São Paulo tem uma vitória e dois empates contra o Fluminense, no Morumbi, desde que o Flu venceu pela última vez, em 2014.
CURIOSIDADE – Em comum, São Paulo e Fluminense têm um técnico campeão nos pontos corridos. Muricy Ramalho ganhou três vezes pelo São Paulo e uma pelo Fluminense.
PALPITE – São Paulo
ARBITRAGEM – Dewson de Freitas (PA); Hélcio Araújo Neves (PA), Heronildo Freitas da Silva (PA)

ATLÉTICO PARANAENSE x BAHIA
Domingo, Arena da Baixada, 16h
ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas – Thiago Heleno (machucado), Marcelo Cirino (machucado), Marcinho (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Santos, Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González (Bruno Guimarães); Bruno Nazário (Márcio Azevedo), Raphael Veiga e Marcinho (Plata); Pablo. Técnico: Tiago Nunes
Últimos cinco jogos – vvvev
BAHIA – Problemas – Douglas Grolli (machucado), Tiago (machucado, dúvida), Zé Rafael (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Douglas, Bruno, Éverson, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Nílton; Flávio, Marco Antônio e Edigar Junio; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira
Últimos cinco jogos – vdded
RETROSPECTO – Uma vitória do Atlético e um empate desde a última vitória do Bahia, em 2011.
CURIOSIDADE – O atual técnico do Bahia, Enderson Moreira, passou pelo Atlético Paranaense em 2015.
PALPITE – Atlético Paranaense
ARBITRAGEM – Leandro Pedro Vuaden (RS); Jorge Eduardo Bernardi (RS), Lúcio Beiersdorf Fior (RS)

SPORT x PARANÁ
Domingo, Ilha do Retiro, 16h
SPORT – Problemas – Deivid (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Magrão, Cláudio Winck, Ernando, Durval e Sander; Felipe Bastos e Nonoca; Rogério, Marlone e Gabriel; Hernane. Técnico: Eduardo Baptista
Últimos cinco jogos – dddde
PARANÁ – Problemas – Leandro Vilela (expulso), Maicosuel (machucado), Biteco (machucado), Torito González (machucado), Jesiel (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Richard, Júnior, Renê, Cléber Reis e Igor; Jhonny Lucas e Alex Santana; Nádson, Caio Henrique e Silvinho; Rafael Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira
Últimos cinco jogos – deded
RETROSPECTO – Na história, na Ilha do Retiro, são duas vitórias do Sport e uma do Paraná.
CURIOSIDADE – Claudinei de Oliveira era técnico do Sport até o dia 12 de agosto.
PALPITE – Sport
ARBITRAGEM – Émerson de Almeida Ferreira (MG); Celso Luiz da Silva (MG), Marcus Vinicius Gomes (MG)

CHAPECOENSE x PALMEIRAS
Domingo, Arená Condá, 19h
CHAPECOENSE – Problemas – Douglas (machucado), Elicarlos (machucado), Fabrício Bruno (machucado) – – Time provável (4-2-3-1) – Jandrei, Eduardo, Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Amaral e Márcio Araújo; Bruno Silva, Canteros e Yann Rolim; Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira
Últimos cinco jogos – dddve
PALMEIRAS – Problemas – Nenhum – Time provável (4-2-3-1) – Wéverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Thiago Santos e Bruno Henrique; Jean, Lucas Lima e Hyoran; Deyverson. Técnico: Luiz Felipe
Últimos cinco jogos – evvvv
RETROSPECTO – Na Arena Condá, são quatro jogos, três vitórias da Chapecoense e um empate.
CURIOSIDADE – O último título brasileiro do Palmeiras foi conquistado com vitória palmeirense por 1 x 0, no Allianz Parque, na 37ª rodada de 2016.
PALPITE – Palmeiras
ARBITRAGEM – Ricardo Marques Ribeiro (MG); Guilherme Dias Camilo (MG), Sidmar dos Santos Meurer (MG)

CRUZEIRO x INTERNACIONAL
Domingo, Mineirão, 19h
CRUZEIRO – Problemas – Fred (preparação física), Sassá (preparação física), Lucas Rmero (machucado), Rafael Sóbis (machucado), Marcelo Hermes (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Fábio, Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e De Arrascaeta; Barcos. Técnico: Mano Menezes
Últimos cinco jogos – dveed
INTERNACIONAL – Problemas – Rodrigo Moledo (terceiro cartão) – Time provável (4-1-4-1) – Marcelo Lomba, Zeca, Émerson Santos, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Nico López, Edenílson, Patrick e William Pottker; Jonathan Álvez. Técnico: Odair Hellmann
Últimos cinco jogos – evvvv
RETROSPECTO – Em sua última visita ao Mineirão, o Internacional venceu por 2 x 0 e quebrou uma escrita de 28 anos sem vencer o Cruzeiro em Belo Horizonte.
CURIOSIDADE – Em seu início de carreira, Mano Menezes trabalhou na base do Internacional, como aconteceu também com Odair Hellmann.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Wilton Pereira Sampaio (GO); Fabrício Vilarinho da Silva (GO), Bruno Raphael Pires (GO)


Bomba relógio
Comentários Comente

PVC

O árbitro Germán Delfino foi confuso e não deveria dar cartão vermelho a Felipe Melo por observar o estrago na perna de Victor Cáceres. Mas mostrou o vermelho com razão. Porque Felipe Melo entrou com o pé por cima da bola. É uma bomba relógio. Assim como no lance contra Vinicius Junior, antes da Copa do Mundo, ele pode ser expulso num jogo decidido ou com um minuto de partida numa eventual finalíssima.

Depois da expulsão de Felipe Melo, aos 5 minutos, o Palmeiras não jogou. A partida virou repertório de Libertadores, de tudo aquilo que os clubes brasileiros reclamam. Jogadores fazendo cera, gastando tempo, caindo ao chão, fazendo faltas. Jogo estilo Felipão sempre tem uma nuvenzinha sobrevoando a grande área nos minutos finais. Contra o Cerro Porteño foi exagerado.

O Palmeiras não trocou dois passes seguidos, esperou o Cerro Porteño até os 11 minutos do segundo tempo, quando o cruzamento de Arzamendia surpreendeu Wéverton e terminou com a seqüência de nove partidas sem gols. Continuou a pressão paraguaia, com chance de Oscar Ruiz, num giro da entrada da área, ou com Wéverton saindo para tirar com a coxa uma jogada veloz do Cerro, aos 32 minutos do segundo tempo.

Houve requinte de crueldade no recuo do Palmeiras. Antônio Carlos tirou de cabeça 12 vezes, doze rebatidas ao todo. O melhor em campo de um jogo que não houve. Não em termos de qualidade.

Mas o Palmeiras avança e enfrentará o Colo Colo nas quartas-de-final. A derrota começou com a expulsão de Felipe Melo. Mas jogando assim, a bomba relógio é o próprio time. Com atuações seguidas como a do Allianz Parque contra o Cerro Porteño, não se vence a Libertadores.

Tags : palmeiras


Informações e palpites da 21a rodada do Brasileirão
Comentários Comente

PVC

SANTOS x BAHIA
Sábado, Vila Belmiro, 16h
SANTOS – Problemas – Victor Ferraz (terceiro cartão), Alisson (terceiro cartão), Luiz Felipe (machucado) – Time provável (4-4-2) – Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Carlos Sánchez, Renato, Diego Pituca e Bruno Henrique; Rodrygo e Gabriel. Técnico: Cuca
Últimos cinco jogos – evvde
BAHIA – Problemas – Nenhum – Time provável (4-2-3-1) – Ânderson, Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Élton; Edigar Junio, Vinícius e Zé Rafael; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira
Últimos cinco jogos – dedve
RETROSPECTO – O Santos venceu os últimos três jogos como mandante. Última vitória do Bahia foi em 2012.
CURIOSIDADE – Enderson Moreira foi técnico do Santos em 2015 e saiu com a diretoria alegando que tinha dificuldade com jogadores jovens como Gustavo Henrique e Gabriel.
PALPITE – Santos
ARBITRAGEM – Héber Roberto Lopes (SC); Henrique Neu Ribeiro (SC), Éder Alexandre (SC)

CORINTHIANS x PARANÁ
Sábado, Itaquera, 19h
CORINTHIANS – Problemas – Romero (expulso) – Time provável (4-2-3-1) – Cássio, Fágner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Pedrinho, Jádson e Clayson; Jonathas. Técnico: Osmar Loss
Últimos cinco jogos – ddvdd
PARANÁ – Problemas – Júnior (terceiro cartão), Biteco (machucado), Carlos (machucado), Maicosuel (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Richard, Diego Tavares, Renê Santos, Cléber Reis e Mansur; Leandro Vilela e Alex Santana; Rodolfo, Caio Henrique e Silvinho; Rafael Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira
Últimos cinco jogos – ededd
RETROSPECTO – São cinco vitória do Corinthians e dois empates, em São Paulo, pelo Brasileirão, desde a última vitória do Paraná, em 1997.
CURIOSIDADE – Corinthians e Paraná Clube têm um ídolo em comum: o meia Ricardinho.
PALPITE – Corinthians
ARBITRAGEM – André Luiz de Freitas Castro (GO); Fabrício Vilarinho da Silva (GO), Bruno Raphael Pires (GO)

ATLÉTICO PARANAENSE x GRÊMIO
Sábado, Arena da Baixada, 19h
ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas – Paulo André (machucado), Thiago Heleno (machucado), Marcelo Cirino (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Santos, Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González; Nikão, Raphael Veiga e Marcinho; Pablo. Técnico: Tiago Nunes
Últimos cinco jogos – vevev
GRÊMIO – Problemas – Marcelo Grohe (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Paulo Victor, Leonardo, Paulo Miranda, Marcelo Oliveira e Cortez; Jaílson e Mathes Henrique; Marinho, Douglas e Pepê; Jael. Técnico: Renato Gaúcho
Últimos cinco jogos – evdvd
RETROSPECTO – O Grêmio venceu por 2 x 0 em sua última visita à Arena da Baixada, em 2017.
CURIOSIDADE – Na década passada, um jogador foi ídolo tanto no Atlético Paranaense quanto no Grêmio. O zagueiro Marinho foi campeão da Copa do Brasil pelo Grêmio, em 2001, e vice-campeão brasileiro pelo Atlético, em 2004.
PALPITE – Atlético Paranaense
ARBITRAGEM – Marcelo Aparecido de Souza (SP); Anderson José de Moraes Coelho (SP), Bruno Salgado Rizo (SP)

CRUZEIRO x FLUMINENSE
Sábado, Mineirão, 21h
CRUZEIRO – Problemas – Ezequiel (terceiro cartão), Ariel Cabral (terceiro cartão), Edílson (machucado, dúvida), Rafael Sóbis (machucado, dúvida), Raniel (machucado, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Fábio, Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e De Arrascaeta; Barcos. Técnico: Mano Menezes
Últimos cinco jogos – eddve
FLUMINENSE – Problemas – Everaldo (machucado), Digão (pertence ao Cruzeiro) – Time provável (4-3-1-2) – Júlio César, Gilberto, Gum, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Jádson, Dodo e Sornoza; Matheus Alessandro e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira
Últimos cinco jogos – evde
RETROSPECTO – O Cruzeiro venceu os últimos cinco jogos no Mineirão.
CURIOSIDADE – Fluminense e Cruzeiro foram campeão e vice do Brasileirão em 2010.
PALPITE – Cruzeiro
ARBITRAGEM – Rafael Traci (PR); Ivan Carlos Bohn (PR), Rafael Trombeta (PR)

BOTAFOGO x SPORT
Sábado, Nílton Santos, 21h
BOTAFOGO – Problemas – Gustavo Bochecha (terceiro cartão), Moisés (expulso), Lindoso (machucado), Renatinho (machucado), Jéfferson (machucado), Gatito Fernández (machucado), Kieza (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Saulo, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gílson; Jean; Rodrigo Pimpão, Matheus Fernandes, Léo Valencia e Luiz Fernando; Brenner. Técnico: Zé Ricardo
Últimos cinco jogos – dvee
SPORT – Problemas – Raul Prata (machucado), Cláudio Winck (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Magrão, Ernando, Ronaldo Alves, Durval e Jean; Deivid e Ferreira; Marlone, Gabriel e Rogério; Hernane.
Últimos cinco jogos – ddded
RETROSPECTO – O Botafogo venceu sete vezes e empatou três como mandante, desde 1994, quando o Sport venceu a última vez.
CURIOSIDADE – Em sua última visita ao estádio Nílton Santos, o Sport foi treinado por Vanderlei Luxemburgo, lateral-esquerdo botafoguense nos anos 1980.
PALPITE – Botafogo
ARBITRAGEM – Sávio Pereira Sampaio (DF); Daniel Henrique da Silva Andrade (DF), Ciro Chaban Junqueira (DF)

SÃO PAULO x CEARÁ
Domingo, Morumbi, 11h
SÃO PAULO – Problemas – Hudson (machucado), Liziero (terceiro cartão) – Time provável (4-4-2) – Sidão, Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; João Rojas, Luan, Jucilei e Éverton; Nenê e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre
Últimos cinco jogos – vvvve
CEARÁ – Problemas – Samuel Xavier (expulso), Juninho Quixadá (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Éverson, Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho e Richardson; Leandro Carvalho, Ricardinho e Calyson; Arthur. Técnico: Lisca
Últimos cinco jogos – eeevv
RETROSPECTO – São seis jogos do Brasileirão no Morumbi entre São Paulo e Ceará. O São Paulo venceu os seis.
CURIOSIDADE – Das seis campanhas de título brasileiro, o São Paulo só enfrentou o Ceará em 1986. Venceu por 4 x 0, com dois gols de Careca, diante de 37 mil torcedores.
PALPITE – São Paulo
ARBITRAGEM – Wágner Reway (MT); Alessandro Rocha de Matos (BA), Eduardo Gonçalves da Cruz (MT)

AMÉRICA MINEIRO x FLAMENGO
Domingo, Independência, 16h
AMÉRICA MINEIRO – Problemas – Jory (machucado), Lima (machucado), Norberto (machucado), Aylon (machucado), Messias (terceiro cartão), Luan (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – João Ricardo, Juninho, Messias, Matheus Ferraz e Gérson Magrão; Leandro Donizete e Wesley; Marquinhos, Giovanni e David; Ruy. Técnico: Adilson Batista
Últimos cinco jogos – vedev
FLAMENGO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuellar; Éverton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá e Vitinho; Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbiéri
Últimos cinco jogos – vdvvd
RETROSPECTO – Na história, em Minas Gerais, pelo Brasileirão, são duas vitórias do Flamengo, um empate e uma derrota.
CURIOSIDADE – O Flamengo jamais enfrentou o América em anos de títulos brasileiros.
PALPITE – Flamengo
ARBITRAGEM – Jean Pierre Gonçalves Lima (RS); Leirson Peng Martins (RS), Lúcio Beiersdorf Fior (RS)

VITÓRIA x ATLÉTICO MINEIRO
Domingo, Barradão, 16h
VITÓRIA – Problemas – Arouca (machucado), Aderllan (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Ronaldo, Jéferson, Lucas Ribeiro, Ruan Renato e Benítez; Léo Gomes; Rodrigo Andrade, William Farias, Yago e Léo Ceará; Neílton. Técnico: Paulo César Carpegiani
Últimos cinco jogos – ddded
ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Leonardo Silva (terceiro cartão), Galdezani (terceiro cartão) – Time provável (4-1-4-1) – Victor, Émerson, Maidana, Gabriel e Fábio Santos; José Wellison; Chará, Elias, Nathan e Cazares; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Últimos cinco jogos – vvdev
RETROSPECTO – No Barradão, são dois triunfos do Vitória e dois empates, desde que o Atlético venceu pela última vez, em 2008.
CURIOSIDADE – Toninho Cerezo foi o técnico do Vitória semifinalista do Brasileirão em 1999.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Leandro Bizzio Marinho (SP); Daniel Luis Marques (SP), Daniel Paulo Ziolli (SP)

INTERNACIONAL x PALMEIRAS
Domingo, Beira Rio, 16h
INTERNACIONAL – Problemas – Fabiano (pertence ao Palmeiras), Émerson Santos (emprestado pelo Palmeiras) e William Pottker (terceiro cartão) – Time provável (4-1-4-1) – Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Nico López, Edenílson, Patrick e Rossi; Jonathan Álvez. Técnico: Odair Hellmann
Últimos cinco jogos – vvvvv
PALMEIRAS – Problemas – Dudu (terceiro cartão), Edu Dracena (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Wéverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Thiago Santos e Jean; Willian, Lucas Lima e Arthur; Deyverson. Técnico: Luiz Felipe
Últimos cinco jogos – vvvvv
RETROSPECTO – O Palmeiras venceu o último confronto no Beira Rio, em 2016, por 1 x 0, gol de Erik
CURIOSIDADE – Antes da vitória de 2016, o Internacional não perdia do Palmeiras em casa havia 19 anos, desde que Felipão conduziu o time ao triunfo por 1 x 0, em 1997, gol de Wágner.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Bruno Arleu de Araújo (RJ); Luiz Cláudio Regazone (RJ), Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)

VASCO x CHAPECOENSE
Domingo, São Januário, 19h
VASCO – Problemas – Leandro Castan (machucado), Breno (machucado), Ramon (machucado), Giovanni Augusto (machucado), Rildo (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato; Yago Pikachu, Raul, Andrey e Wágner (Vinícius Araújo 20 do 2º); Maxi López. Técnico: Valdir Bigode (interino)
Últimos cinco jogos – edddd
CHAPECOENSE – Problemas – Elicarlos (machucado), Fabrício Bruno (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Alan Ruschel; Amaral; Diego Torres, Márcio Araújo, Canteros e Bruno Silva; Wellington Paulista. Técnico: Guto Ferreira
Últimos cinco jogos – ddved
RETROSPECTO – São dois jogos no Rio de Janeiro na história do Brasileirão, com dois empates.
CURIOSIDADE – Guto Ferreira era o técnico da Chapecoense em um dos quatro jogos de todos os tempos, justamente no empate por 1 x 1, no Maracanã.
PALPITE – Vasco
ARBITRAGEM – Igor Junio Benevenuto (MG); Felipe Alan Costa de Oliveira (MG), Ricardo Junio de Souza (MG)


O melhor jogo de Lucas Lima
Comentários Comente

PVC

Recuperar é um verso conjugado por Felipão desde Jardel. Passou por Paulo Nunes, Dinho, Luís Carlos Goiano… Por Taddei, por Galeano, por Mazinho Messi Black e por Betinho. Há muitas coisas acima e abaixo disto em sua carreira de treinador. Mas no retorno ao Palmeiras, Felipão dá sinais de recuperação. Até de sua própria imagem, que não precisa ser recuperada para quem entende sua trajetória completa.

O fato é que Deyverson já é de novo respeitado pelas arquibancadas do Allianz Parque e que Lucas Lima virou titular do time do Brasileirão. O Palmeiras, agora, não tem time A. Tem time B, de Brasileirão, e time C, de Copas.

Mas numa quarta-feira sem Copas, joga o time da Libertadores. Do qual, Lucas Lima não é titular.

Ocorre que Bruno Henrique é titular do B e do C, jogador A. E precisa descansar. Felipão, então, tirou-o de campo no intervalo para jogar Lucas Lima, com Moisés recuado para segundo homem de meio-de-campo. Pois Lucas Lima representou.

Tinha quatro gols em 48 jogos do Palmeiras na temporada. Contra o Santo André, o Boca Juniors, o Paraná Clube e o Santos. Contra o Botafogo, fez dois. Mesmo jogando só meio tempo, foi o recordista de passes errados, porque foi quem ousou mais.

Lucas Lima foi o melhor em campo no oitavo jogo do Palmeiras sem sofrer gols.

Tags : palmeiras